Filiada à CONFEDERAÇÃO INTERAMERICANA DE ENGENHARIA QUÍMICA

Boletim Informativo
N° 146 - Julho/Agosto de 2004
 
Leia nesta Edição:
  • Nova Diretoria Gestão 2004/2006
  • Prêmio Oxiteno-ABEQ 2004
  • REBEQ - Revista Brasileira de Engenharia Química
  • COBEQ 2004
  • Finep anuncia R$ 104,4 milhões para projetos
  • Bolsa de Empregos
  • Sorteio de Livro
  • Tratando o Meio Ambiente com Amor
  • XV Simpósio Nacional de Bioprocessos - SINAFERM
Nova Diretoria Gestão 2004-2006
Tomou posse no dia 01 de agosto a nova Diretoria da ABEQ, biênio 2004/2006, conforme segue abaixo:
CONSELHO SUPERIOR
Alberto Cláudio Habert
Ernesto A. U. González
Fernando Baratelli Jr.
George Nicolau Docolas
Gerson de Mello Almada
Gisella Maria Zanin
Maria Cândida R. Facciotti
Milton Mori
Pedro Wongtschowski
Sérgio Alfredo Thiesen
DIRETORIA
Diretor Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Diretor Secretário:
Diretor Tesoureiro:
Raquel de Lima C. Giordano
José Maria Pinto Ferreira
Reinaldo Giudici
Marcelo Martins Seckler
Paulo Takakura
David Carlos Minatelli
DIRETORIA DA SEÇÃO REGIONAL DE SÃO PAULO
Diretora Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Maria Elizabeth Brotto
Alexandre Sales Cunha Coelho
DIRETORIA DA SEÇÃO REGIONAL DO RIO DE JANEIRO
Diretora Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Adelaide Maria Souza Antunes
Rodrigo Pio Borges Menezes
DIRETORIA DA SEÇÃO REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL
Diretor Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
José Maria Pinto Ferreira
André Bello de Oliveira
DIRETORIA DA SEÇÃO REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Diretora Presidente:
Diretora Vice-Presidente:
Gorete Ribeiro de Macedo
Ana Lúcia de Medeiros Lula da Mata
DIRETORIA DA SEÇÃO REGIONAL DE PERNAMBUCO
Diretor Presidente:
Diretor Vice-Presidente:
Maurício A. da Motta Sobrinho
Jornandes Dias da Silva
 
Prêmio Oxiteno-ABEQ 2004
No dia 03/09/2004 encerrou o recebimento pela ABEQ dos envelopes contendo a solução e a ficha de identificação do(s) autor (es). Maiores informações entre em contato com a Secretaria da ABEQ.
 

Cerimônia do Prêmio Braskem-ABEQ 2004

Já está em circulação a segunda edição Vol. 20 nr. 2 de 2004 da Revista Brasileira de Engenharia Química. Está edição aborda na matéria de capa uma das mais polêmicas questões que envolvem os engenheiros químicos - a certiificação profissional. Em sete páginas, com entrevistas e matérias analíticas, a REBEQ oferece aos leitores um farto material de reflexão. Ao mesmo tempo em que trata de questões ligadas ao profissional, nossa revista não esquece o contexto em que estamos envolvidos. Daí a retomada de alguns temas significativos, como as perspectivas do setor químico, já notícia na edição anterior. Afinal, o fortalecimento da indústria química no Brasil é pré-condição para que os engenheiros tenham melhores condições de trabalho e novas oportunidades de desenvolvimento profissional. A seção ponto de vista também trata desse tema.

Esta edição traz ainda dois artigos técnicos selecionados dentre os trabalhos apresentados no I ENBTEQ/6º Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos, ocorrido em outubro de 2003, em São Paulo. E, dando continuidade à proposta de integrar as comunidades acadêmica e industrial, apresenta as seções destaque empresa, destaque escolas e reportagens sobre os prêmios Braskem-ABEQ e Oxiteno-ABEQ.

Por fim, algumas notícias importantes para nossa comunidade. Entre elas, o lançamento de uma nova área em nosso site ( www.abeq.org.br ), para o encontro entre empresas, estudantes e profissionais da engenharia química

 
COBEQ 2004 - XV Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Última chamada para o maior evento da Engenharia Química no Brasil. Acontece de 26 a 29 de setembro de 2004, o XV Congresso Brasileiro de Engenharia Química/COBEQ 2004. O evento, realizado pela ABEQ, está sendo organizado pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) e pela UEM (Universidade Estadual de Maringá). Com abertura que acontece às 19h no Centro de Convenções do CIETEP, localizado na Av. Comendador Franco, 1341 (Av. das Torres), Curitiba, o COBEQ 2004 contará com uma ampla programação, com Palestras Nacionais e Internacionais, Workshop, Sessões técnicas, Mesa Redonda, Mini-cursos e Fórum de debates, encerrando este importante acontecimento com um Jantar de confraternização. As áreas tratadas nesta edição do COBEQ serão: Engenharia de Separação de Termodinâmica(II CBTERMO), Biotecnologia e Alimentos, Desenvolvimento sustentável, Meio Ambiente e Tecnologias Limpas, Reatores Químicos e Catálise, Fenômenos de Transporte e Sistemas Particulados, Engenharia de processos Assistida por Computador, Petróleo, Gás NaTural e Energia e Planejamento estratégico e Gestão da Qualidade em Indústrias Químicas. Além disso, paralelo ao COBEQ, acontecerá, ainda, o II CBTERMO (Congresso Brasileiro de Termodinâmica Aplicada).

O COBEQ 2004 terá cerca de 500 participantes, entre profissionais e estudantes de instituições de ensino de Engenharia Química, profissionais de instituições de pesquisa e de indústrias químicas.
Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (41) 361-3277/361-3058, e-mail: cobeq2004@ufpr.br
ou na Secretaria da ABEQ/(11) 3107-8747 / 3104-4649.

 
Finep anuncia R$ 104,4 milhões para projetos

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência de fomento do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), lançou sete chamadas públicas para seleção de projetos no início de agosto, totalizando um orçamento de R$ 104,4 milhões. Os recursos serão provenientes dos fundos setoriais.

Os projetos que envolvem mais recursos são os que tratarão da aproximação entre empresas privadas e instituições de pesquisa científica e tecnológica, no âmbito na nova política industrial do governo federal. O edital que se refere a estes projetos totaliza R$ 55 milhões.


Segundo a Finep, os recursos para estes projetos serão movimentados entre oito fundos setoriais: biotecnologia, energia, verde-amarelo, petróleo, saúde, informática, transporte e hidrologia.

Quase todos os editais tratam de projetos na área de inovação tecnológica. Segundo a Agência Fapesp , apenas dois editais - um de R$ 3 milhões e outro de R$ 4 milhões - foram feitos para fundos setoriais específicos, o de Informática e o de Hidrologia.

Maiores informações podem ser obtidas no site da FINEP no endereço www.finep.gov.br

 
Bolsa de Empregos

A Bolsa de Empregos é um benefício que a ABEQ oferece aos associados, reunindo oportunidades de emprego preferencialmente na área química; maiores informações consultar a Secretaria da ABEQ ou através do site www.abeq.org.br.

Segue abaixo algumas vagas dísponíveis.

Código BE91 - CHEFE DE LABORATÓRIO ORGÂNICO

  • Formação: Superior em Quimíca /Engenharia Química ou Alimentos.
  • Experiência: Conhecimentos com análise de açúcar, proteínas e gordura.Norma BNT.
  • Local de trabalho: Santos (pode ser candidatos de São Paulo irá depender de sua disponibilidade para atuação em Santos).
  • Descrição: Vaga Efetiva.
  • Salário: A/C
  • Benefícios: VT + VR + AM + CB.

Código BE90 - ASSESSOR DE PROCESSO

  • Idade: 28 a 40 anos.
  • Ramo de Atividade: Industria em Geral.
  • Área de Atuação: Química.
  • Quantidade de vagas: 1
  • Nível Hierárquico: Assessor.
  • Nível de escolaridade: Graduação.
  • Sexo: Ambos.
  • Formação: Engenharia Química / Engenharia Industrial / Engenharia de Produção.
  • Horário de Trabalho: Integral.
  • Faixa Salarial: A Combinar.
  • Descrição:
    05 anos de experiência em atividades correlatas. Ferramentas Estatísticas; Gestão de Pessoas; Processo de Fabricação; Análise de Investimentos; Sistema da Qualidade; Análise de Custos; Administração de custos e orçamentos (otimização de custos); Análise e melhoria de processos; Aplicação do produto; Conhecimentos dos aspectos econômico-financeiros; Atendimento a clientes internos ou externos; Desenvolvimento de produtos; Gestão Ambiental; Gestão de Contratos (terceiros e fornecedores); Gestão de processo de fabricação; Conhecimentos de tecnologia de manutenção; Funções e Responsabilidades: Responsável Técnico pela fábrica: otimizar processo desde o início até o produto final; Responsável por promover a integração técnica entre as Unidades e áreas, mediante treinamento, fóruns, incentivo e utilização de todos os meios tecnológicos de comunicação adequados; Responsável pela otimização dos processos mediante treinamento de pessoas, promoção de pesquisas e estudos, intercâmbio técnico com fornecedores e centros de pesquisa; Assegurar o acompanhamento sistemático das variáveis de controle de processo e resultados dos programas interlaboratoriais; Responsável pelo desenvolvimento de novos produtos, acompanhamento da performance dos produtos junto à área comercial e clientes.
  • Idioma: Inglês (Fluente).
  • Estado: São Paulo.

Código BE89 - COORDENADOR DE MINERAÇÃO

  • Idade: 30 a 45 anos
  • Ramo de Atividade: Cimenteiro
  • Área de Atuação: Engenharia
  • Quantidade de vagas: 1
  • Nível Hierárquico: Supervisão
  • Nível de escolaridade: Graduação
  • Sexo: Ambos
  • Formação: Engenharia de Minas
  • Horário de Trabalho: Integral
  • Faixa Salarial: A Combinar
  • Descrição:
    5 anos experiência em atividades de operação e produção em industria cimenteira ou indústrias similares. -Garantir o fornecimento das matérias primas para o processo de fabricação dentro das especificações previstas pelo laboratório e economicamente viáveis. -Assegurar que a matéria-prima produzida esteja dentro das especificações de qualidade e custo requeridas, além de garantir a boa escoabilidade do material para a confecção de farinha. -Responder pelos indicadores de custo, qualidade e eficiência do processo de produção de matéria-prima. -Garantir a realização de todas as atividades de lavra dentro dos procedimentos ambientais previstos na legislação vigente. -Manter alto índice de segurança na execução dos trabalhos, através da observação das normas e orientação do pessoal. -Promover integração da operação, produção e manutenção da mineração de modo a sempre ter disponível o equipamento necessário a produção diária / mensal, através de um planejamento eficaz. -Realizar estudos que possibilitem determinar a substituição de equipamentos e investimentos na área, justificando, através de um estudo detalhado da viabilidade econômica, projetando sempre a sua influência nos custos de produção.
  • Estado: Minas Gerais
 
Sorteio de Livro

Além dos descontos e vantagens na aquisição de livros, a Livraria Polytécnica oferece aos associados da ABEQ, como doação o  livro "Termodinâmica - Dos Motores Térmicos às Estruturas Dissipativas" dos autores Ilya Prigogine e Dilip Kondepudi.

Este livro constitui ao mesmo tempo uma apresentação completa da termodinâmica e uma introdução científica à obra de Prigogine. Os autores inovam, mostrando como a termodinâmica do não equilíbrio é um prolongamento natural da termodinâmica do equilíbrio. Ela constitui assim a ciência dos processos irreversíveis - a "flecha do tempo" - cujas estruturas dissipativas são os testemunhos mais espetaculares. Os desenvolvimentos históricos fazem dele não apenas um texto de referência, mas também um livro de cultura. Os numerosos exemplos e exercícios, como os programas informáticos e as referências aos sites internet, fazem dele um utensílio de trabalho insubstituível.

As inscrições para participação deste sorteio podem ser feitas através do e-mail abeq@abeq.org.br até o dia 30 de setembro de 2004.

A Livraria Polytécnica fica na R. Loefgreen, 1690 - V. Clementino - Cep: 04040-002 - SP - Tels: (11) 5539-0561/5082-4924 - Fax: (11) 5082-4782 - e-mail: poly@livrariapolytecnica.com.br e o site: www.livrariapolytecnica.com.br

 

Tratando o Meio Ambiente com Amor

(Fonte: Texto “Reconstruindo o meio ambiente com Amor” de Por Marcos Rachwal e Rachel Gueller Souza – PREA/ Programa de Educação Ambiental da Embrapa Florestas)

A superexploração das riquezas naturais para atender aos exageros humanos, por buscar além das suas necessidades reais para uma vida harmoniosa, satisfazendo seu ego contribui fortemente para o ponto de degradação irreversível nas florestas naturais do país.

“Há hoje uma flagrante disparidade entre o desenvolvimento do poder intelectual, o conhecimento científico e a qualidade tecnológica, por um lado, e a sabedoria, a espiritualidade e a ética, por outro” (Rebouças, 1989). Esta é a condição escolhida pela sociedade por estar ignorando as relações de dependência entre o homem e a natureza. Dando prioridade apenas ao poder intelectual, científico e a qualidade tecnológica sem a responsabilidade com a vida.

É um grande desafio para a humanidade buscar o desenvolvimento sustentável priorizando a qualidade de vida sem deixar de utilizar tecnologias modernas e,principalmente, para os paises em desenvolvimento,como o Brasil, que necessita produzir para aumentar e garantir o crescimento econômico, reduzir a pobreza e manter o meio ambiente.

A educação é uma ferramenta transformadora para a concepção desse novo paradigma (“desenvolvimento sustentável”) por semear entre as pessoas de diferentes grupos (científicos,intelectuais,tecnológicos, estudantes, empresários, governo, etc) a necessidade de mudança de postura com relação à natureza e a vida em todos os aspectos. Pois, estaremos construindo um cenário totalmente sem condições de desenvolver mais nada com a extinção de todos os recursos naturais do planeta.

O resgate do ser humano como parte essencial da natureza, a cada dia, torna-se fundamental no processo do desenvolvimento sustentável por evitar que crianças se desvinculem da natureza em função da urbanização acelerada devido aos mecanismos de atração das grandes cidades e metrópoles. Refletir e agir de forma holística são cruciaia para cuidar melhor do ser humano diante dos avanços científicos e tecnológicos.

 

XV Simpósio Nacional de Bioprocessos - SINAFERM

A Universidade Federal de Pernambuco estará sediando, de 02 a 05 de agosto de 2005, no Mar Hotel - Recife/PE, o XV Simpósio Nacional de Bioprocessos - SINAFERM. Trata-se do mais importante evento científico sul-americano na área de bioprocessos, reunindo pesquisadores e profissionais de todo o Brasil com atuação em biotecnologia industrial e ambiental. As áreas temáticas do Simpósio incluem: processos fermentativos e enzimáticos; engenharia metabólica; biotecnologia ambiental; cultura de células animais e vegetais; modelagem e controle de bioprocessos; recuperação e purificação de produtos; biologia molecular aplicada a bioprocessos.

Maiores informações podem ser obtidas:
Secretaria Executiva do XV SINAFERM 2005 Factos - Promoção, Marketing e Eventos
Responsável: Luciana Corrêa ou Geyza Lustosa
Telefones (81) 3463-0871/9601-6906 - Fax: (81) 3463-0853
e-mail: sinaferm2005@factos.com.br e Home page: www.ufpe.br/sinaferm2005

 
 

Fale com a ABEQ - Envie suas sugestões e críticas para a Associação:

SECRETARIA EXECUTIVA ABEQ
ABEQ-Associação Brasileira de Engenharia Química
Tel: (11) 3107-8747 – Telefax: (11) 3104-4649
E-mail: abeq@abeq.org.br
Home Page: www.abeq.org.br

Responsáveis:
Raquel de Lima Camargo Giordano - Diretora Presidente da ABEQ
Luiz Fernando de Moura - Diretor Convidado de Comunicações da ABEQ
Josilene Ferreira de Jesus - Sócia Colaboradora da ABEQ
Bernadete A. Perez - Secretária Executiva da ABEQ

O Boletim Informativo da ABEQ é um serviço desta Associação para todos os profissionais da área de Engenharia Química. Favor divulgar para quem tiver interesse ou enviar seu e-mail para a ABEQ. Caso você não queira mais receber este Boletim Informativo da ABEQ, desculpe-nos pelo envio e por favor nos comunique por e-mail abeq@abeq.org.br seu desejo de não mais receber este serviço.