Filiada à CONFEDERAÇÃO INTERAMERICANA DE ENGENHARIA QUÍMICA

Boletim Informativo
N° 142 - Nov/Dez 2003
 
Leia nesta Edição:
  • Prêmio Oxiteno-ABEQ 2003 / Desafio Universitário
  • Relançamento da REBEQ - Revista Brasileira de Engenharia Química
  • Resultado do Sorteio de Livros
  • Bolsa de Empregos
  • Anuidades 2004
  • PEQ - 40 Anos! Dignos de grandes comemorações
  • Férias Coletivas
Prêmio OXITENO-ABEQ 2003 / Desafio Universitário
O Concurso Brasileiro de Projeto Químico realizado pela ABEQ, que a partir de 2003 passou a contar com o patrocínio da OXITENO, premia os melhores trabalhos de estudantes de graduação, sobre um Projeto Problema proposto por uma comissão técnica especialmente designada para o concurso. Os três primeiros colocados receberão R$ 5.000,00 (cinco mil reais); R$ 3.000,00 (três mil reais) e R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais),de acordo com a classificação, além de diplomas alusivos. Os indicados para menção honrosa também receberão diplomas alusivos. A edição de 2003 do Concurso Brasileiro de Projeto Químico - Desafio Universitário, contou com 437 participantes de 44 Universidades inscritas. O prazo para a entrega de trabalhos foi encerrado em 24 de outubro e a premiação será realizada no primeiro trimestre de 2004.
 
Relançamento da REBEQ - Revista Brasileira de Engenharia Química
Além de contar com o Boletim Informativo e o Brazilian Journal, a ABEQ traz de volta a REBEQ (Revista Brasileira de Engenharia Química), considerada de suma importância, não só pelos artigos técnicos publicados, mas também para mostrar aos profissionais da área, o desenvolvimento da Engenharia Química no país e os rumos que a profissão tem tomado no decorrer dos anos. A volta da publicação da REBEQ, marca junto com outros projetos, a preocupação da gestão atual da ABEQ com relação ao setor e sua disposição em tornar mais estreito o relacionamento entre governo, indústrias químicas, empresas, universidades e futuros profissionais da Engenharia Química, visando o crescimento do setor no país. Voltada diretamente para engenheiros, pesquisadores, empresários, profissionais e estudantes da área química e afins, além de circular por todo o Brasil, ela atinge o Mercosul, EUA e Europa em indústrias químicas, instituições de ensino e centros de pesquisa e desenvolvimento, procurando abordar de forma mais completa e abrangente todos os assuntos pertinentes à área química.
 
Resultado do Sorteio de Livros

A ABEQ sorteou no dia 30 de outubro de 2003, o livro "Perspectivas do Álcool Combustível no Brasil" é o ganhador foi Marcos André Suzano Arantes de São Paulo - SP. Você que é sócio da ABEQ e está em dia com a sua anuidade não deixe de participar dos sorteios se inscreva ou por e-mail abeq@abeq.org.br ou pelo Telefone (11) 3107-8747

 

Bolsa de Empregos

A Bolsa de Empregos é um benefício que a ABEQ oferece aos associados, reunindo oportunidades de emprego preferencialmente na área química; maiores informações consultar a Secretaria da ABEQ ou através do site www.abeq.org.br .

Segue abaixo algumas vagas dísponíveis.

Código BE56 - Coordenador de Segurança no Trabalho

  • Descrição da Vaga: O profissional deve ter formação acadêmica em Engenharia Química e pós-graduação em Segurança no trabalho.
    A vaga é para Coordenador de Segurança no Trabalho na unidade fabril da cidade de Londrina.

Código BE57- Engenheiro Químico

  • Descrição da Vaga: É necessário que o profissional (masculino ou feminino), tenha curso superior em Química. Usuário de informática, com 05 anos de experiência na função, experiência em análises instrumentais, HPLC;CG;AA;UV, validações em métodos analíticos e experiência em microbiologia e coordenação de equipes.

Código BE58- Vendedor Técnico

  • Descrição da Vaga: Profissional com formação superior (Engenharia Química / Química), dinâmico e com habilidade em vendas técnicas. Experiência em adesivos (colas e derivados) será um "plus". Experiência nos mercados madeireiro e moveleiro. Residir na Grande Curitiba e possuir veículo próprio. O vendedor deverá ser arrojado, ter iniciativa própria e disponibilidade para viagens. Boas referências de desempenho em empregos anteriores. Ambos os sexos.
 
Anuidades ABEQ 2004
Categoria:

Sócio Efetivo e Colaborador
Sócio Estudante
Sócio Coletivo (parcela única)
Sócio Cooperador (4 parcelas iguais)

Assinatura Brazilian Journal of  Chemical Engineering

Sócio (pessoa física)
Não Sócio (pessoa física)
Não Sócio (pessoa jurídica)
Sócio (Coletivo ou Cooperador)

Assinatura REBEQ - Revista Brasileira de Engenharia Química

Sócio ABEQ
Não Sócio
R$

80,00
40,00
450,00
1.100,00



40,00
50,00
80,00
isento



isento
30,00
 
PEQ - 40 Anos! Dignos de grandes comemorações
 
Em 2003, o programa de Engenharia Química da COPPE - PEQ - completa 40 anos de idade! O lançamento do logotipo dos 40 anos deu início as comemorações, que aconteceram ao longo deste ano.
Fig. 1: Logotipo dos 40 anos.

 

Criado em 1963, a partir da idealização e esforços do Prof. Alberto Luiz Coimbra (ao lado), o PEQ semeou a criação de outros programas de pós-graduação em engenharia, que juntos formaram a Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia da UFRJ, a COPPE . Houve muitas dificuldades no início. Afinal, um novo modelo de aperfeiçoamento de pessoal e, por conseguinte, do próprio desenvolvimento do país, estava sendo implantado. Era preciso agregar professores de alto nível, em tempo integral, para executar atividades de pesquisa e orientar teses de mestrado e doutorado. Era preciso recrutar bons alunos, de todos os cantos do Brasil. E era preciso conseguir financiamentos para cobrir gastos com bolsas de estudos e criação de laboratórios. A infra-estrutura de pessoal, administrativa e científica precisava ser construída.

A primeira turma de mestrado começou em março de 1963. Reproduzimos o registro jornalístico do início de atividades do PEQ e da própria COPPE, que saiu no Correio da Manhã, em 10 de fevereiro de 1963 . Foram nove os que concluíram as primeiras teses de mestrado do PEQ (veja foto).
Fig. 2:
Prof. Coimbra.
 
 
Fig. 3.: Alunos e docentes da primeira turma de mestrado em Engenharia Química, maio de 1963 (Campus da Praia Vermelha).

Coube a Nelson Trevisan a honra de defender a primeira Tese de Mestrado, no dia 29 de janeiro de 1964. O título foi "Adsorção Física: Teoria e Modelo" e seu orientador foi o Prof. Augusto Zamith. Até o mês de maio desse ano tinham sido defendidas as teses dos outros oito alunos dessa primeira turma.

A primeira tese de doutorado foi defendida por Saul Gonçalves D'Avila , em 12 de novembro de 1971, com o título de "Oxidação Catalítica de Crotonaldeído a Anidrido Maleico" , orientada pelo Prof. Maury Saddy.

Fig. 5: Reator químico para oxidação catalítica de anidrido crotônico.

A evolução foi consistente ao longo do tempo, sendo que até o início dos anos noventa a ênfase no mestrado era clara, inclusive como preferência nacional. Nessa época, houve uma significativa mudança de rumo, catalisada fortemente pelos órgãos responsáveis pela política científica do País, colocando um peso bem maior na formação de doutores.

O reconhecimento da excelência do PEQ se oficializaria com a implantação do sistema de avaliação da Capes que, desde 1976, vem analisando o desempenho dos cursos de pós-graduação do país. Desde então, o PEQ tem mantido o conceito máximo para os cursos de mestrado e doutorado. Até meados de 2001, formou mais de 540 mestres e 150 doutores, muitos dos quais ocupam funções de liderança em empresas e instituições de ensino e pesquisas, espalhadas praticamente por todo o País. Em 2001, em termos das recentes reformulações da avaliação CAPES, implantadas a partir de 1998, o PEQ obteve o único Conceito 7 (excelência máxima em padrão internacional) de todos os cursos de engenharia química do Brasil e um dos quatro Conceitos 7 distribuídos entre todas as engenharias.

Talvez um dos marcos mais importantes para o PEQ desde sua criação, deu-se com a inauguração das novas instalações para seus laboratórios, que ocorreu oficialmente no dia 25 de junho de 2001. O PEQ esperou anos, até mesmo décadas, para poder consolidar o sonho de ter instalações laboratoriais à altura de suas pesquisas. No evento de inauguração, o Prof. Cláudio Habert proferiu um comovente discurso que traduziu de forma clara o sentimento da comunidade PEQ naquele momento.

Oficialmente, as comemorações do aniversário de 40 anos do PEQ começaram no dia 02 de abril, em uma solenidade na qual foram homenageados os Profs. Alberto Luiz Coimbra , Giulio Massarani , Affonso Silva Telles , e Carlos Alberto G. Perlingeiro , pelo pioneirismo e dedicação na construção da excelência da pós-graduação em Engenharia Quimica no País, e ao Prof. Martin Schmal , em reconhecimento da contribuição ao desenvolvimento da Catálise no País e pelo prestígio internacional alcançado. Na ocasião, o Prof. Waldimir Pirró e Longo , atualmente no Observatório Nacional, proferiu a palestra intitulada "Educação, Tecnologia e Emprego: O Papel da Pós-Graduação" (veja cartaz na Figura 8).

Os dias 4 e 5 de dezembro de 2003, ainda com as comemorações, marcam a terceira edição do Colóquio Anual de Engenharia Química, promovido pelo Programa de Engenharia Química da COPPE/UFRJ. Assim como nas edições anteriores, o objetivo do Colóquio deste ano foi promover discussões sobre temas da atualidade na área da Engenharia Química, além de possibilitar uma maior interação entre o meio acadêmico e os representantes da indústria. No ano de 2003, em especial, o Colóquio é considerado o principal evento comemorativo dos 40 anos do Programa de Engenharia Química (PEQ), que foi o primeiro programa de pós-graduação em Engenharia Química do Brasil e o núcleo formador da COPPE/UFRJ. E para fechar com chave de ouro, um grande encontro de ex-alunos do PEQ, para congregar os cerca de 560 mestres e 170 doutores formados pelo Programa ao longo de seus 40 anos.

 
Fig. 4: Registro do Correio da Manhã, de fevereiro de 1963.

E logo o PEQ estava completando 10 anos de funcionamento. Neste período, consolidou sua posição no cenário nacional de pesquisa em Engenharia Química e seus egressos foram, aos poucos, semeando outros programas de pós-graduação em Engenharia Química por todo o País, e ocupando posições importantes no cenário científico e tecnológico nacional. Para comemorar o aniversário, o PEQ lançou seu logotipo de 10 anos !

Fig. 6: Logotipo dos 10 anos do PEQ.

Fig. 7: Novas instalações do PEQ.

Fig. 8: Cartaz do evento inaugural das celebrações.
 
Férias Coletivas

A ABEQ - Associação Brasileira de Engenharia Química, entrará em férias a partir do dia 24/12/2003 e retornará as suas atividades normais no dia 26/01/2004. Nós da ABEQ gostaríamos de desejar a  todos os associados e familiares, Boas Festas!!!

 
 

Fale com a ABEQ - Envie suas sugestões e críticas para a Associação:

SECRETARIA EXECUTIVA ABEQ
ABEQ-Associação Brasileira de Engenharia Química
Tel: (11) 3107-8747 – Telefax: (11) 3104-4649
E-mail: abeq@abeq.org.br
Home Page: www.abeq.org.br

Responsáveis:
Raquel de Lima Camargo Giordano - Diretora Presidente da ABEQ
Luiz Fernando de Moura - Diretor Convidado de Comunicações da ABEQ
Josilene Ferreira de Jesus - Sócia Colaboradora da ABEQ
Bernadete A. Perez - Secretária Executiva da ABEQ

O Boletim Informativo da ABEQ é um serviço desta Associação para todos os profissionais da área de Engenharia Química. Favor divulgar para quem tiver interesse ou enviar seu e-mail para a ABEQ. Caso você não queira mais receber este Boletim Informativo da ABEQ, desculpe-nos pelo envio e por favor nos comunique por e-mail abeq@abeq.org.br seu desejo de não mais receber este serviço.