Filiada à CONFEDERAÇÃO INTERAMERICANA DE ENGENHARIA QUÍMICA

Boletim Informativo
N° 138 - Maio de 2003
 
Leia nesta Edição:
  • Avaliação dos cursos brasileiros de Engenharia Química
  • O Engenheiro Químico e os Conselhos Fiscais - CREA X CRQ
  • I ENBTEQ- Encontro Brasileiro sobre Tecnologia na Indústria Química - 6º Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos
  • 1ª EXPOQUÍMICA - Feira Internacional de Produtos, Processos e Equipamentos para a Indústria Química
  • Sorteio de Livros
  • Bolsa de Empregos
  • Lançamento do livro "Transgênicos: Uma visão estratégica"
  • Participação em Eventos
  • Informações sobre firmas exportadoras e seus produtos
Avaliação dos cursos brasileiros de Engenharia Química

No ultimo Boletim Informativo N° 137 - Abril de 2003 foi publicada a matéria "Os cursos brasileiros notáveis de Engenharia Química" , de autoria do Prof. Jose Roberto G. da Silva, do Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar. Essa matéria se baseava no Guia do Estudante - Vestibular 2003, que utiliza critérios próprios de avaliação, resultando em classificação dos cursos por vezes divergente da avaliação realizada pelo MEC.

Membros da comunidade de engenharia química e, em especial, sócios da ABEQ, reclamaram da publicação da matéria por entenderem que sua divulgação no Boletim da Associação implicava concordância da ABEQ com os critérios utilizados pelo Guia do Estudante.

A Diretoria da ABEQ, no entanto, não teve essa intenção. A matéria era assinada e foi publicada porque o assunto é de interesse da comunidade.

Convidamos assim a todos os colegas que se dispuserem a fazê-lo a escrever matérias sobre avaliação dos cursos de engenharia química do Brasil, se possível comparando critérios, de modo a ampliar nosso grau de conhecimento sobre um assunto tão palpitante.

 
O Engenheiro Químico e os Conselhos Fiscais - CREA x CRQ

A dupla fiscalização pelos Conselhos sobre os profissionais de engenharia química é assunto que vem incomodando a comunidade há anos e que tem sido discutido com frequência na ABEQ. Dado que há realmente leis conflitantes que permitem aos dois Conselhos fiscalizarem o engenheiro químico, não se havia discernido até há pouco tempo atrás nenhuma providência concreta que a Associação pudesse tomar para auxiliar a comunidade de engenharia química nessa questão. Esse assunto voltou à pauta no FORBEQ, havendo inclusive solicitações de colegas para que haja interferência da ABEQ junto aos Conselhos profissionais.

A diretoria da ABEQ resolveu então fazer consulta informal a advogado experiente em direito trabalhista, para saber que tipo de providência poderia ser tomada. O resultado da consulta foi que a ABEQ pode representar os profissionais de engenharia química e solicitar aos órgãos devidos que haja definição clara de quais atribuições são fiscalizadas por um ou por outro conselho, evitando a dupla regência do profissional.

Providências nesse sentido estão sendo, neste momento, encaminhadas pela ABEQ.

Gostaríamos contudo de chamar a atenção da comunidade para uma aspecto da questão, que também já foi abordado no FORBEQ, e que vem desestimulando esta Associação a interferir no caso. É verdade que não é justo que se tenha que pagar a dois conselhos fiscais simultaneamente e é nesse sentido que tentaremos agir para que haja definição clara de competências, na forma de um acordo entre os Conselhos. Contudo, é verdade também que as outras modalidades de engenheiros não usufruem do privilégio do engenheiro químico, que incorpora no seu diploma também as atribuições de químico e de químico industrial. Dessa forma, o engenheiro químico pode, por exemplo, ser registrado em carteira como químico, de modo perfeitamente legal, sempre que dele estiverem sendo requeridas apenas as atribuições do químico. Assim, a regência por um ou outro conselho dependerá realmente de quais atribuições estão sendo exercidas pelo engenheiro químico, havendo com certeza uma zona difusa que exigirá grande disposição de acordo por parte dos Conselhos. Assim, a atuação da diretoria da ABEQ junto aos dois Conselhos será no sentido de se eliminarem superposições, com conseqüente dupla tributação em casos individuais.

 
I ENBTEQ- Encontro Brasileiro sobre Tecnologia na Indústria Química - 6º Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos

A ABEQ - Associação Brasileira de Engenharia Química estará realizando, em parceria com a VNU, de 01-03 de outubro de 2003, simultaneamente à I EXPOQUÏMICA, o I ENBTEQ- Encontro Brasileiro sobre Tecnologia na Indústria Química. Simultaneamente, o 6o Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos terá algumas sessões técnicas em paralelo ao I ENBTEQ, para discussão de temas de interesse específico.

O I ENBTEQ terá três tipos de atividades: mesas redondas, sessões técnicas e uma sessão plenária final.
Nas Mesas Redondas haverá exposição da situação atual dos diferentes setores da indústria química nacional, discussão dos problemas apresentados e proposição de soluções para diminuição do déficit químico no Brasil.
Nas Sessões Técnicas haverá apresentação de novas tecnologias que vêm sendo desenvolvidas nos diferentes centros (Indústrias, Universidades e Institutos de Pesquisa), discutindo-se a viabilidade de sua implementação
na indústria, a curto e médio prazo.

Na Plenária Final serão apresentadas e discutidas com os participantes do Encontro as recomendações sugeridas ao longo do congresso, bem como as ações propostas para atender a essas recomendações. Essas propostas serão votadas na Plenária Final e encaminhadas como resoluções do Encontro aos devidos órgãos.

Todas as atividades serão presididas por um coordenador e um relator, dirigindo as discussões e sistematizando as propostas surgidas, que serão reapresentadas e votadas na plenária final.

Dentro do I ENBTEQ ocorrerá também o 6o Seminário de Produtores de Olefinas e Aromáticos. Estão programadas sessões paralelas onde os profissionais dessa área poderão discutir seus problemas específicos.

Mesas Redondas:
- Mesa Redonda I (01 out 2003 10:00 12:00)
Tema: A Indústria Química no Brasil e a Retomada do Crescimento: Inserção do Contexto Regional e Mundial de Relações Comerciais.

- Mesa Redonda II (02 out 2003 14:00 16:00)
Tema: Matriz energética brasileira e seu impacto na indústria química.

- Mesa Redonda III (02 out 2003 16:30 18:30)
Tema: Políticas de ciência e Tecnologia para a Indústria Química
Mecanismos de incentivo ao desenvolvimento de tecnologia.

Sessões Técnicas A - Pesquisa e desenvolvimento Tecnológico na Indústria Química, na Universidade e Institutos de Pesquisas.

-Sessão Técnica I: (01-out-2003 14:00 18:00)
Tema: Inovação Tecnológica em Processos Químicos
Á reas: automação e controle de processos, segurança de processo, novas abordagens, novas técnicas, e outras.

-Sessão Técnica II (02-out-2003 09:00 12:00)
Tema: Novas Tecnologias em Equipamentos e Operações da Indústria Química
Á reas: reatores, equipamentos de separação, operações e equipamentos para manuseio e transporte, operações e equipamentos de purificação, controle de qualidade, armazenamento, transporte e embalagem e outras.

-Sessão Técnica III
- (03-out-2003 09:00 12:00)
Tema: Novas Tecnologias na indústria química para o meio ambiente
Á reas: novos processos, novas abordagens, equipamentos, operações unitárias, novas técnicas e outras.

Sessões Técnicas B: Temas de interesse específico dos produtores de olefinas e aromáticos.

Instruções para inscrição e outras informações estarão sendo em breve divulgadas.

 
1ª EXPOQUÍMICA - Feira Internacional de Produtos, Processos e Equipamentos para Indústria Química

A VNU Business Media do Brasil, uma das maiores promotoras internacionais e líder no Brasil em organização de feiras para o setor químico, organizará de 01 a 03 de outubro de 2003 a 1ª ExpoQuímica - Feira Internacional de Produtos, Processos e Equipamentos para a Indústria Química.

A VNU Business Media do Brasil já organiza as seguintes feiras:

Analítica Latin América - 6º edição - Tecnologia e Equipamentos para Laboratórios, Biotecnologia, Controle de Qualidade e Metrologia. HBA - 7ª Edição - Matérias-Primas, Embalagens, Serviços e Equipamentos para a Indústria Cosmética. FCE - 7ª Edição - Matérias-Primas, Embalagens, Serviços e Equipamentos para a Indústria Farmacêutica. Food Ingredients - 8ª Edição - Ingredientes Alimentícios e Equipamentos Laboratoriais. Tecnobebida - 4º Edição - Embalagens, Equipamentos e Matérias-Primas para Indústria de Bebidas.
A 1ª ExpoQuímica acontecerá paralelamente à 7ª Analítica Latin América, que desde a sua 1ª edição tem apresentado um grande crescimento em área de exposição e visitantes, sendo que em 2001 21.880 profissionais visitaram o evento. Deste total de visitantes, 50% são provenientes da Indústria Química e Petroquímica, o que já garante para a 1ª edição da ExpoQuímica um alto índice de visitação.

Os visitantes da Expoquímica serão os profissionais da Indústria Química responsáveis por controle de corrosão, circulação de fluídos, manuseio de material perigoso, resfriamento e secagem, manutenção e segurança, misturas, automação industrial, controle de poluição, manuseamento de sólidos e líquidos, controle de processos, armazenamento e distribuição, controle ambiental, matéria-prima e controle de qualidade.

A Expoquímica tem apoios internacionais da VDMA, maior associação dos Construtores de Máquinas e Instalações Industriais da Alemanha, do Governo Alemão e da KolnMesse International, uma das principais organizadoras alemã de feiras e responsável pela promoção da ExpoQuímica na Alemanha.Juntos organizarão um Pavilhão Alemão de aproximadamente 400 m2.

A sinergia entre a ExpoQuímica e Analítica Latin America formam, pela primeira vez no Brasil, um megaevento bianual para a Indústria Química equivalente aos realizados em vários países da Europa.

Serão 14.000 m2 de tecnologia, realizados em um ambiente estritamente profissional, em um pavilhão climatizado, com 2 mil vagas no estacionamento e de fácil acesso pelas principais vias da cidade de São Paulo.

Para mais informações favor entrar em contato pelo telefone 11 3873-0081, pelo fax 11 3873-1912, pelo site www.vnu.com.br e pelo e-mail expoquimica@vnu.com.br

 
Sorteio de Livros
A ABEQ estará sorteando para os seus associados no próximo dia 25 de junho de 2003, dois livros de interesse dos profissionais da área: "Comércio & Meio Ambiente - Uma Agenda Positiva para o Desenvolvimento Sustentável" e "Substâncias Farmacêuticas Comerciais" de Onésimo Àzara Pereira da Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica.

No primeiro livro o texto foi elaborado sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável do Ministério do Meio Ambiente do Brasil, e contou com a valiosa contribuição de entidades públicas e privadas de diversas nações latino-americanas, através de um processo solidário e crescente que reuniu idéias e experiências sobre a matéria. Também foi feito um detalhado levantamento dos acordos multilaterais ambientais e suas implicações comerciais, principalmente no que se refere à América Latina, com destaque para a futura formação da ALCA.

O segundo livro, abrange os seguintes itens pretende facilitar para os usuários, tanto da área governamental quanto operadores privados a busca da correta descrição e da usual classificação de substâncias farmacoquímicas e adjuvantes farmacotécnicos que são comercializados internacionalmente. Assim, laboratórios farmacêuticos e veterinários, fabricantes de farmacoquímicos, despachantes aduaneiros e encarregados de registros, entre outros, passam a contar com uma fonte confiável de referência para sanar dúvidas ou dirimir incompatibilidades conceituais existentes sobre essas substâncias.

As inscrições podem ser feitas na Secretaria da ABEQ ou através do e-mail: abeq@abeq.org.br

 
Bolsa de Empregos

A Bolsa de Empregos é um benefício que a ABEQ oferece ao associado, reunindo oportunidades de emprego preferencialmente na área química; maiores informações consultar a Secretaria da ABEQ ou através do site www.abeq.org.br. Segue abaixo algumas vagas dísponíveis.
 
código BE45 - ENGENHEIRO QUÍMICO

Empresa atuante no setor de logística e distribuição de granéis líquidos procura profissional para fazer parte de sua equipe comercial. O candidato deverá ter experiência na área comercial de empresas químicas e noções em operações de armazenagem, distribuição e transporte de produtos líquidos.


código BE46 - ENGENHEIRO QUÍMICO TRAINEE

Formação recém formado em engenharia química
Sexo Masculino
Empresa/Segmento Multinacional de grande porte do ramo de auto peças situada na região do ABC - São Bernardo do Campo - SP
Experiência não necessita experiência
Região Residir no ABC e ter disponibilidade para viagens

 
Lançamento do livro " Transgênicos: uma visão estratégica"

No dia 26 de abril de 2003, foi lançado o livro "Transgênicos: uma visão estratégica" de Rafaela Di Sabato Guerrante da Editora Interciência.

O capítulo 1 aborda alguns conceitos fundamentais à compreensão do tema, entres eles: a biotecnologia (tradicional e moderna), a engenharia genética, a tecnologia do DNA recombinante, os organismos geneticamente modificados e os organismos transgênicos. São descritas também, às
aplicações desses OGMs em bactérias e nos reinos vegetal, animal e na espécie humana, dando-se ênfase às sementes geneticamente modificadas.

No capítulo 2 traz uma avaliação dos impactos positivos e negativos dos OMGs no meio ambiente e na saúde humana, bem como as vantagens e desvantagens da produção de sementes GMs para o produtor e para o consumidor.

O capítulo 3 traz o cenário mundial atual para as sementes geneticamente modificadas, mostrando, entre outros aspectos, o crescimento da área cultivada com essas sementes, a distribuição da área plantada entre países desenvolvidos em desenvolvimento, as principais culturas GMs comercializadas no mundo e as características nelas introduzidas.

O capítulo 4, são descritos os aparatos juridíco, ético e de segurança que sustentam as questões relacionadas à biotecnologia e aos organismos geneticamente modificados.

O capítulo 5, mostra a similaridade no comportamento estratégico e na trajetória das cinco maiores empresas que hoje atuam no mercado de sementes geneticamente modificadas.

Para obter mais informações favor entrar em contato pelo e-mail: rafaela@inpi.gov.br

 

Participação em Eventos

A Diretora Presidente Profª. Drª. Raquel de Lima Camargo Giordano e o Diretor Vice-Presidente da ABEQ Sr. David Carlos Minatelli, participaram da III Conferência ANPEI realizada no período de 27 a 30 de maio em Campinas - São Paulo.

E no dia 13 de junho, a Presidente da ABEQ Profª. Raquel, juntamente com o Vice-Presidente o Sr. David Carlos Minatelli e o Diretor Tesoureiro Profº. Gil Anderi da Silva, participaram do Dia do Químico realizado pelo CRQ-IVª. Região, pelo Sindicato dos Químicos do Estado de São Paulo e pelas Associações Profissionais da Área Química, onde a Presidente entregou placas de homenagem e prêmios das categorias de engenharia química.

 
Informações sobre firmas exportadoras e seus produtos.
Consulte a página da ABEQ www.abeq.org.br
 

Fale com a ABEQ - Envie suas sugestões e críticas para a Associação:

SECRETARIA EXECUTIVA ABEQ
ABEQ-Associação Brasileira de Engenharia Química
Tel: (11) 3107-8747 – Telefax: (11) 3104-4649
E-mail: abeq@abeq.org.br
Home Page: www.abeq.org.br


O Boletim Informativo da ABEQ é um serviço desta Associação para todos os profissionais da área de Engenharia Química. Favor divulgar para quem tiver interesse ou enviar seu e-mail para a ABEQ. Caso você não queira mais receber este Boletim Informativo da ABEQ, desculpe-nos pelo envio e por favor nos comunique por e-mail abeq@abeq.org.br seu desejo de não mais receber este serviço.