Filiada à CONFEDERAÇÃO INTERAMERICANA DE ENGENHARIA QUÍMICA
 
Boletim Informativo
N° 127 - Fevereiro/2002
  • Ganhadores do Prêmio Incentivo à Aprendizagem da Eng. Química no Brasil 2001
  • Livro "Caracterização de Polímeros - Determinação de Peso Molecular e Análise Térmica"
  • Resultado do Sorteio da 5ª Conferência Anual Estratégias de Gestão de Resíduos Industriais
  • Curso em Gerenciamento de Projetos - PGT/USP
  • Novas Turmas do Curso de Reciclagem de PET
  • A Indústria de Matéria Plástica Francesa conquista o 2º Lugar na Europa
  • XIV COBEQ - Congresso Brasileiro de Engenharia Química
  • Reciclagem de Papéis em Paulínia poupa três milhôes de árvores por ano
  • 35º Congresso e Exposição Anual de Celulose e Papel
  • GETIQ 2002 - Gestão Empresarial e Tecnológica para a Indústria Química

Ganhadores do Prêmio Incentivo à Aprendizagem da Eng. Química no Brasil 2001

O Prêmio Incentivo à Aprendizagem da Engenharia Química no Brasil, promovido pela ABEQ com patrocínio de diferentes empresas, está distribuindo R$ 750,00 em dinheiro, uma quitação de sócio da associação e um diploma alusivo ao melhor estudante do curso de engenharia química de cada instituição de ensino superior.

Tatiana Rheinheimer (PUC-RS), Celso Ricardo Cartoni (FAENQUIL), Isabel Bueno Macias (FEI), Marcel Eiki Katekawa (UNICAMP), Adriano Fisch (ULBRA), já foram premiados.

Outros 9 formandos também receberão os prêmios, totalizando a quantia de R$ 10.500,00 em dinheiro. A premiação é realizada na ocasião da formatura de cada turma, junto com um representante da empresa patrocinadora. A seleção do melhor aluno fica por conta das escolas. Para participar as empresas escolhem uma ou mais instituição de ensino que queiram patrocinar.
A Oxiteno S.A. selecionou cinco universidades: UFRJ, FAENQUIL, FEI, UNICAMP, USP (Politécnica). A OPP Química S.A. optou por UFRGS, UFPB, UFAL, UFSCar e PUC-RS. A Petroquímica Triunfo S.A,  Copene Petroquímica e o Cenpes (Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello), escolheram a ULBRA, UFBA e a UERJ, respectivamente.

De acordo com os estudantes, o Prêmio Incentivo motiva o aluno a aprender mais e o ajuda a se destacar dos demais na hora de conseguir um emprego.


Livro "Caracterização de Polímeros - Determinação de Peso Molecular e Análise Térmica"

CapaO livro reúne as informações básicas e os fenômenos mais importantes para que os alunos de pós-graduação, desenvolvendo tese sobre polímeros e oriundos de cursos como os de Engenharia Química, Química industrial, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Farmácia e outros, possam assimilar facilmente o assunto. Uma vez que não existe, no Brasil um curso de graduação específico em ciência e tecnologia de polímeros, as autoras lançaram-se nesta tarefa de pesquisar e compilar os fundamentos relacionados à determinação de peso molecular e à análise térmica. Sabe-se que este tipo de abordagem é difícil de ser encontrada nos livros especializados disponíveis, os quais são, em sua maioria, editados em língua inglesa. Este livro contém a matéria abordada na disciplina "Métodos Físicos Aplicados a Polímeros" que faz parte da grade curricular do Curso de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Polímeros, do Instituto de Macromoléculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IMA/UFRJ). Poderá também ser utilizado por alunos de cursos de graduação interessados em ampliar seus conhecimentos e por profissionais que trabalham com materiais poliméricos.

As autoras, Elizabete Lucas e Bluma Soares, são pesquisadoras do Instituto de Macromoleculas (IMA/UFRJ); já Elizabeth Monteiro é professora convidade pelo Instituto de Química da UFRJ (IQ/UFRJ). Para adquiri-lo favor consultar o site www.e-papers.com.br - e-mail: ayda@e-papers.com.br - Tel: (21) 2273-0138 ou Fax: (21) 2502-6612


Resultado do Sorteio da 5ª Conferência Anual Estratégias de Gestão de Resíduos Industriais

A ABEQ sorteou agora dia 20 de fevereiro de 2002, uma inscrição para a 5º edição de Resíduos Industriais que será realizado nos dias: 13 e 14 de março de 2002. O ganhador foi o Eduardo Ramos Ferreira da Silva de Cotia (SP).

Maiores informações sobre está Conferência podem ser obtidas na: Secretaria Executiva da ABEQ ou com a IBC - Tel: (11) 3017-6844 ou Fax: (11) 3017-6802 - Home Page: www.ibcbrasil.com.br ou E-mail: carolina.monteiro@ibcbrasil.com.br


Curso em Gerenciamento de Projetos - PGT/USP

A FIA, com apoio técnico do PGT/USP, lança um novo curso de gerenciamento de projetos, após a experiência de sucesso com o MBA - Administração de projetos. A proposta é que este novo programa seja mais sintético e direcionado a profissionais que necessitam de rápida introdução aos métodos e técnicas dessa área de conhecimento.

O curso vai capacitar participantes nas mais modernas técnicas de gestão de projetos, com ênfase na formação, desenvolvimento e sistematização de conhecimentos, habilidades e atitudes exigidas dos profissionais que migram para essa função. A base conceitual é o PMBOX-Project Management Body of Knowledge, do PMI - Project Management Institute, mas não é restrito somente a ele.

O corpo docente é formado por professores da FEA e de outras unidades da USP com sólida vivência na gestão de projetos. Terá, também, profissionais do mercado que aliam experiência e formação acadêmica de alto nível.

O curso (total 80 horas/aula) será realizado às segundas e quartas-feiras, das 19h00 às 22h30, de 08 de abril a 26 de junho de 2002, ao custo de R$ 2.500,00 por participante.

Desconto de 10% para associados da ANPEI. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas diretamente pelo site www.fea.usp.br/nucleos/pgt/index.htm. Maiores informações sobre conteúdo curricular e outras podem ser obtidas pelo site indicado, pelos telefones (11) 3091-5969/3031-6946 ou pelo e-mail: npgctusp@edu.usp.br


Novas Turmas do Curso de Treinamento Profissional em Reciclagem de PET

A reciclagem de plástico está crescendo no país, impulsionada por fatores sociais, econômicos e ambientais. As operações básicas envolvidas nesta área são de fácil aprendizado, não exigindo portanto mão de obra de alta qualificação. Contudo, são necessários conhecimentos específicos para a obtenção de uma operação viável, visando o alcance dos objetivos econômicos, ambientais, de segurança operacional e de qualidade.

O mercado dos recicláveis cresce significativamente, e novas tecnologias têm surgido com vistas à fabricação de produtos com maior quantidade de material reciclado. A indústria de embalagens plásticas está entre os setores que apresentam maior potencial de crescimento no país e, particularmente, as embalagens de PET, mercado inexistente no Rio de Janeiro.

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos Ambientais e Desenvolvimento (NIEAD) ao oferecer o curso de "RECICLAGEM de PET" , permite ao participante acompanhar e interagir com os especialistas da área de reciclagem, absorver informações detalhadas de aspectos técnicos e econômicos do negócio, além de informações científicas necessárias para as etapas de qualificação de matérias primas, beneficiamento e reciclagem.

Objetivos

O curso tem como objetivo transmitir as noções de reciclagem e aplicação do plástico transformado.Apresentar aos participantes os aspectos envolvidos no projeto, operação e administração de uma Recicladora de Plástico, visando a capacitação para a escolha e implantação de um empreendimento ambientalmente limpo e rentável, sob o ponto de vista econômico. No curso será também demonstrada a importância da atividade de Reciclagem de Plástico para a preservação do meio ambiente, geração de empregos e conservação dos recursos naturais e energéticos.

Informações Adicionais

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Ambientais e Desenvolvimento (NIED) - Prédio do CCMN, Bloco D, Sala 02 - Cidade Universitária - Ilha do Fundão - Cep: 21941-590 - Rio de Janeiro - RJ - Tel: (21) 2270-8547 e 2598-9495 - Fax: (21) 2598-9495 - E-mail: niead@ccmn.ufrj.br


A Indústria de Matéria Plástica Francesa conquista o 2º Lugar na Europa

Com grandes índices de exportação e de investimento nos setores de embalagens, a indústria de matéria plástica francesa conquistou em 2000 o 2º lugar na Europa e o 4º lugar no mundo. Consolidando-se como um dos grandes setores de produtos intermediários com faturamento anula de 24,39 milhôes de euros e aumento de 12,6% em relação ao ano anterior.

Segundo a Federação da Indústria de Matéria Plástica, o desenvolvimento da atividade se confirmou no mercado interno (+12,4%) e nas exportações (+12,8%). Obteve investimentos em torno de 5,4% do faturamento, superando até mesmo toda a indústria francesa.

Com cerca de 4 mil empresas e quase 160 mil funcionários, a região Rhône-Alpes concentra a maioria dos empregados, junto com as regiões de Loire, do Centro e da Picardie.

A indústria de matéria plástica é um setor bastante dinâmico. Com expansão crescente nos mercados automobilístico, embalagem, construção, indústria elétrica e eletrônica, na indústria espacial, aeronáutica e no setor médico-cirúrgico. Seu sucesso reside na inovação permanente. Contatos com a imprensa - Marilane Borges - mborges.bpr@ubifrance.com ou site www.ubifrance.com


COBEQ 2000

PALAVRAS DA COMISSÃO

Convidamos professores, pesquisadores, profissionais, empresários, estudantes ao XIV Congresso Brasileiro de Engenharia Química, que será realizado, pela primeira vez em Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, em Agosto de 2002, no Hotel Pirâmide.

Como bienalmente tem acontecido, este COBEQ englobará todas as áreas da Engenharia Química e versará sobre termos científicos e tecnológicos atuais.

A Comissão Organizadora do COBEQ 2002 espera que mergulhado no clima acolhedor da cidade e desfrutando hospitalidade de sua gente, o congresso fique marcado pelo ser conteúdo e pelo desenrolar das atividades programadas.

COMISSÃO ORGANIZADORA
Coordenadora Geral: Profa. Dra. Márcia Maria L. Duarte, UFRN
Coordenadora Técnico-Científica: Profa. Dra. Gorete Ribeiro de Macedo, UFRN
Comitê Executivo: 
 Profa. Dra. Ana Lúcia de M. Lula da Mata, UFRN
 Prof. Dr. Carlson Pereira de Souza, UFRN
 Prof. Dr. Edson Leandro de Oliveira, UFRN
 Prof. Dr. Henio Normando de S. Melo ,UFRN
 Prof. Dr. João Fernandes de Souza, UFRN
 Profa. Dra. Josette L. de S. Melo ,UFRN
 Profa. Dra. Margarida Maria dos A. Magalhães UFRN
 Prof. Dr. Sebastião Ribeiro Ferreira, UFRN
 Profa Dra. Vanja Maria de F. Bezerra, UFRN
 Profa.MSc. Zilda Luiz Maria, UFRN

ÁREAS TEMÁTICAS

» Engenharia Química de Segurança e Qualidade;
» Engenharia de Alimentos;
» Petróleo e Petroquímica;
» Reatores Químicos e Engenharia Catalítica;
» Engenharia de Separação e Termodinâmica
» Fenômenos de Transporte e Sistemas Particulados;
» Modelagem e Simulação, Otimização e Controle de Processos;
» Novos Materiais;
» Engenharia Ambiental;
» Engenharia Bioquímica.

EXPOSIÇÃO

Uma exposição de indústrias e empresas, relacionada a produtos e serviços, acontecerá simultaneamente à programação técnica do COBEQ 2002.

PROGRAMA PARA ESTUDANTES

Está prevista a realização de mini-cursos destinados aos estudantes do curso de Engenharia Química, entre outras atividades.

DATAS IMPORTANTES

» 15/06/01 Envio de resumo;
» 31/07/01 Carta de aceitação de resumo;
» 14/12/01 Envio do trabalho completo;
» 15/04/02 Carta de aceitação do trabalho completo;
» 30/04/02 Confirmação de participação e pagamento da inscrição.
» 31/05/02 Envio do trabalho final

LOCAL DO EVENTO

O XIV COBEQ será realizado no Hotel Pirâmide, situado na Via Costeira, em um dos pontos mais privilegiados de Natal, à beira mar. Informações no endereço: www.piramidepalace.com.br

Universidade Federal do Rio grande do Norte
Departamento de Engenharia Química
Url: www.eq.ufrn.br/cobeq

Natal-RN CEP:59072-970
Tels: (84) 215-3759 / 3769 / 3753 / 3754
Fax: (84) 211-9243 / 215-3770


Reciclagem de Papéis em Paulínia poupa três milhôes de árvores por ano

A maior fábrica de papéis reciclados da América Latina está localizada na cidade de Paulínia (SP) e pertence ao Grupo Orsa, terceiro maior produtor integrado de papel para embalagens e caixas de papelão ondulado do Brasil. A preservação do meio ambiente é uma das maiores preocupações do grupo, que concilia seus processos produtivos com uma política ambiental responsável.

Com capacidade para produzir, anualmente, 132 mil toneladas de papéis reciclados e 60 mil toneladas de embalagens, a unidade Paulínia da Orsa Celulose, Papel e Embalagens é um dos exemplos de política empresarial responsável. A fábrica, que pertence ao Grupo Orsa, está instalada em área de 360 mil metros quadrados e utiliza como matéria-prima aparas ou refugo de papéis. Os materiais são coletados nas ruas ou provenientes das sobras das demais unidades da empresa, evitando a derrubada de três milhões de árvores/ano.

A cada mês, caminhões despejam 12 mil toneladas de aparas nos pátios da unidade. Esse refugo, depois de passar por processos de filtragem, lavagem, produção industrial em equipamentos especializados, retorna ao mercado na forma de papel e embalagens. Os resíduos provenientes desses banhos também são tratados em quatro lagoas artificiais antes de retornarem aos rios da região. "Nada é desperdiçado dentro na empresa", salienta Sergio Amoroso, presidente do Grupo Orsa. "Temos como visão garantir o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental", revela.

A preocupação em conciliar o aperfeiçoamento do processo produtivo com técnicas que viabilizem a preservação do meio ambiente é uma constante na Orsa. A empresa tem investido na implementação de uma política ambiental adequada às necessidades de suas unidades fabris e da comunidade, contribuindo para a conservação ambiental por meio do monitoramento de suas atividades produtivas, do comprometimento dos funcionários e da interação com a comunidade, por meio da realização de projetos de conscientização.

A consciência ecológica da Orsa não pára por aí. Dentre os vários projetos, do Programa Comunidade e Meio Ambiente, visando envolver as comunidades para a questão do meio ambiente, um deles fez jus, no ano passado, ao Prêmio Ação pela Água, na categoria educação ambiental: o programa "Reciclando na Escola", implantado em Paulínia, foi escolhido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, entre 46 trabalhos inscritos. O programa Reciclando na Escola envolve diretamente 12 mil alunos, matriculados em 35 escolas do município de Paulínia, Estado de São Paulo.

Iniciado em 1999, o "Reciclando na Escola" visa à conscientização dos estudantes e da comunidade sobre a preservação do meio ambiente. "Estamos buscando a transformação das condições sociais e a conseqüente geração de uma sociedade mais equilibrada e saudável, investindo no desenvolvimento humano, respeitando e interagindo com o meio ambiente", justifica Sergio Amoroso.

Periodicamente, um grupo de 30 funcionários voluntários da Orsa realiza palestras em várias escolas, enfatizando a importância da reciclagem para o meio ambiente. Em seguida, as escolas recebem, sem custo, a instalação de caçambas para coleta de materiais a serem reciclados (papel, plástico e alumínio).

Todo o material recolhido nas escolas é levado até a unidade Paulínia da Orsa, onde é pesado e revertido em pontos, que dão direito a prêmios para a escola. Depois de pesados e de terem recebido a pontuação, os papéis e papelões recolhidos nas escolas seguem para reciclagem no Grupo Orsa, enquanto os materiais de alumínio e plástico são recolhidos por empresas privadas e parceiras.

Orsa Celulose, Papel e Embalagens

Com vinte e um anos de atuação no mercado, a Orsa Celulose, Papel e Embalagens, empresa de capital 100% nacional, terceiro maior produtor do País de papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, conta com cerca de 1.500 colaboradores em suas 5 unidades industriais localizadas em Suzano, Paulínia, Nova Campina (SP), Manaus (AM) e Rio Verde (GO).

GRUPO ORSA (www.grupoorsa.com.br)
Assessoria de Imprensa: Ricardo Viveiros - Oficina de Comunicação www.viveiros.com.brJornalista responsável: Clarice Pereira (MTb 15.778) / Rose Matuck (MTb 16.371) e-mails: clarice.pereira@viveiros.com.br e rose.matuck@viveiros.com.br
Tel/Fax: (11) 3675-5444


O crescimento vertiginoso da população mundial, especialmente nos dois últimos séculos de sua história, exigiu um aumento da produção de bens e serviços em igual proporção. A melhoria da qualidade de vida não é entendida apenas como o atendimento às necessidades básicas do homem, tendendo à sofisticação à medida que a espécie evolui. Cada vez mais, o mercado exige qualidade, produtividade e incremento da relação custo/benefício: inovar sempre, agregando valor aos produtos e serviços.
O 35º Congresso Anual será o fórum adequado para a apresentação das soluções tecnológicas que venham agregar valor aos processos e ao produto final. Os interessados em apresentar trabalhos técnicos no 35º Congresso Anual deverão enviar ao Núcleo Técnico da ABTCP e ficha de inscrição de trabalho integralmente preenchida, acompanhada por um resumo entre 800 e 1.200 palavras, até 05 de março de 2002. O resumo deverá conter os objetivos do trabalho, metodologia utilizada e resultados.
 
Informações poderão ser obtidas com Norma Perez, no Núcleo Técnico da ABTCP, fone (11) 5574-0166, ramal 226, e-mail: norma@abctp.com.br ou no site www.abctp.com.br

GETIQ 2002
Gestão Empresarial e Tecnológica para a Indústria Química
Uma Especialização Diferenciada na Área Quimica
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

O curso de Gestão Empresarial e Tecnológica para a Indústria Química promovido pela Abiquim terá início em março, com aulas todas as sextas-feiras, das 8h30 às 17h30 (total de 360 horas/aula), na sede da entidade, em São Paulo. Reconhecido pelo MEC, o GETIQ é uma alternativa diferenciada de educação continuada, na forma de MBA. Suas aulas são ministradas por professores, mestres e doutores da Escola de Química da UFRJ e do Instituto Nacional de Tecnologia. Além das aulas, especialistas convidados darão palestras e conferências sobre assuntos específicos.
Maiores Informações:Ana Lucia Bacchelli - Setor de Eventos
Tel.: (11) 3242.1144 ramal 226 - Fax: (11) 3242.0919
e-mail: eventos@abiquim.org.br


Fale com a ABEQ - Envie suas sugestões e críticas para a Associação.
Telefone: (11) 3107-8747  - Telefax: (11) 3104-4649 - e-mail: abeq@abeq.org.br

SECRETARIA EXECUTIVA ABEQ
ABEQ-Associação Brasileira de Engenharia Química
Tel: (11) 3107-8747 – Telefax: (11) 3104-4649
E-mail: abeq@abeq.org.br
Home Page: www.abeq.org.br

O Boletim Informativo da ABEQ é um serviço desta Associação para todos os profissionais da área de Engenharia Química. Favor divulgar para quem tiver interesse ou enviar seu e-mail para a ABEQ. Caso você não queira mais receber este Boletim Informativo da ABEQ, desculpe-nos pelo envio e por favor nos comunique por e-mail abeq@abeq.org.br seu desejo de não mais receber este serviço.