Leia nesta Edição:

·                Prêmios

·                Clipping do Setor

·                Cursos

·                Livros

·                Oportunidades

·                Notícias Estudantis

·                Eventos

·                Notícias da ABEQ

 

PRÊMIOS

 

Prêmio Nacional Braskem/ABEQ chega à 9ª edição

As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2010

A ABEQ, com patrocínio da Braskem, instituiu a 9ª Edição do Prêmio Nacional de Pós-Graduação - Braskem/ABEQ. O objetivo é apoiar o avanço da ciência e da tecnologia no país por meio da promoção de trabalhos de desenvolvimento de pesquisa de alto nível e importância para o Brasil.   Será concedido aos melhores projetos de pós-graduação (mestrado e doutorado) nos seguintes temas:

- Solução Pós-Consumo de Plástico

- Matérias-Primas Renováveis

Para participar o candidato deve enviar uma monografia de no máximo trinta páginas, destacando a relevância do trabalho para o avanço científico e tecnológico da área até o próximo dia 28 de fevereiro.

Para concorrer ao prêmio, os participantes devem ser formados entre 2004 e 2008, nos cursos de mestrado e doutorado das áreas de engenharia química ou similares, das instituições brasileiras credenciadas pelo Ministério da Educação. Os critérios de avaliação serão: exequibilidade e consistência do projeto de pesquisa;  qualidade e originalidade dos resultados; relevância para o país.

Os prêmios serão os seguintes: 1º lugar: R$ 6.000,00 , 2º lugar: R$ 4.000,00. Os ganhadores e orientadores dos trabalhos contemplados receberão Diploma alusivo.O formulário de inscrição pode ser preenchido no site da ABEQ: www.abeq.org.br.

 

XVII Prêmio Oxiteno-ABEQ de Engenharia Química

http://www.abeq.org.br/images/premio2009.jpgA edição de 2009 do Concurso Brasileiro de Projeto Químico - Desafio Universitário Oxiteno-ABEQ de Engenharia Química, está chegando ao fim. Foram entregues à ABEQ oito trabalhos contendo a solução do projeto-problema, os quais estão sendo analisados por uma comissão técnica.  Neste ano, houve 304 alunos inscritos, sendo 67 participantes concorrendo individualmente, outros 54 em dupla, e 183 em grupo de três alunos.

Ao todo, serão distribídos R$ 9,5 mil em prêmios em cerimônia a ser realizada no próximo ano, com as participações de diretores da ABEQ e da Oxiteno.

O Prêmio Oxiteno-ABEQ visa aprimorar a formação profissional dos estudantes, premiando as melhores e mais inovadoras soluções para um problema do dia-a-dia da indústria química.

Em dezessete anos de desempenho e sucesso, já participaram do concurso quase 6 mil alunos de graduação de todo o Brasil, de cursos de Engenharia Química, Engenharia Industrial - modalidade Química, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Materiais, Engenharia de Produção - modalidade Química e Química Industrial.

Para mais detalhes, consulte o regulamento do Concurso em www.abeq.org.br/oxiteno2.asp

 

 

Prêmio Incentivo ABEQ à Aprendizagem da Engenharia Química

Vários estudantes estão sendo premiados

O prêmio é concedido anualmente aos formandos com melhor desempenho acadêmico nos cursos de engenharia química das mais importantes universidades do Brasil. Consiste de uma quantia em dinheiro,  um diploma e uma anuidade de sócio da ABEQ.

Criado em 2000, o Prêmio Incentivo já premiou 123 formandos do País. A premiação é feita pelas empresas patrocinadoras, Braskem, Henkel, Oxiteno e Petrobras.

Confira a tabela dos ganhadores, das instituições e empresas patrocinadoras do Prêmio Incentivo.

 

Prêmio CRQ-IV para estudantes

premiocrq4_6cmAs inscrições para o concurso deverão ser feitas até o dia 1 de fevereiro

Criado para incentivar a pesquisa entre os estudantes, o concurso público é aberto a alunos de cursos de nível médio e superior oferecidos no estado de São Paulo nas categorias química de nível médio (cursos técnicos), química de nível superior, química de nível superior com tecnologia e engenharia da área química.  O  vencedor em cada categoria receberá R$ 8.000 brutos e o orientador, R$ 3.750. Concorrentes poderão ser individuais ou em grupo e poderão ter mais de um orientador. Informações: www.crq4.org.br.

 

Prêmio Fritz Feigl é relançado com modificações

As inscrições estarão abertas até 2 de fevereiro

Depois de não ter sido promovido no ano passado, o CRQ-IV anunciou a volta do Prêmio Fritz Feigl com modificações. O prêmio será concedido a quatro profissionais nas seguintes categorias: nível superior com atuação na indústria, nível superior com atuação no ensino e/ou na pesquisa, nível médio com atuação na indústria e nível médio com atuação no ensino e/ou na pesquisa. Os interessados poderão se inscrever por conta própria ou serem indicados por entidades ligadas à área química. Os vencedores receberão um certificado, um troféu e terão seus nomes incluídos na Galeria de Vencedores do Prêmio Fritz Feigl, a ser criada no site do Conselho. Clique aqui para obter o regulamento e a ficha de inscrição.

 

Prêmio Jovem Cientista do CNPq

Inscrições até 30 de junho de 2010

O prêmio valoriza soluções simples e acessíveis para problemas diretamente ligados à população. Com o tema "Energia e meio ambiente - Soluções para o futuro", o objetivo desta edição será propor o estudo, o desenvolvimento e o uso de energias alternativas de forma sustentável. O prêmio é dividido em cinco categorias: Graduado, Estudante do Ensino Superior, Estudante do Ensino Médio, Orientador e Mérito Institucional. Prêmios de R$ 20 mil a R$ 7 mil, e microcomputadores. A instituição de ensino superior e médio selecionada na categoria Mérito Institucional será agraciada com R$ 30 mil. Informações: www.jovemcientista.cnpq.br. Inscrições até 30/6/2010.

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

CLIPPING DO SETOR

 

Proinfra tem R$ 360 milhões para apoiar instituições de ensino e pesquisa por três anos

Instituições públicas de pesquisa e ensino superior de todo o país terão R$ 360 milhões nos próximos três anos para a melhoria da infraestrutura física de pesquisa. A nova chamada pública do Programa de Infraestrutura (Proinfra) foi anunciada no dia 11 de dezembro, pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende.

O recurso apoiará projetos de criação, modernização e recuperação de laboratórios de instituições de ensino e pesquisa. O valor máximo de cada proposta é de R$ 1,8 milhão no caso de instituições e universidades com até 100 doutores.

Quem tiver número superior a este pode pleitear até R$ 18 milhões. Pelo menos 30% do recurso devem ser aplicados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A chamada pública estará disponível na próxima semana no site da Financiadora de estudos e Projetos (Finep).

Este ano, 119 instituições receberam recursos do Proinfra para a recuperação de equipamentos e instalações de pesquisa. Foram contempladas 345 projetos por edital da Finep, 37% nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

(Assessoria de Comunicação do MCT)

 

CNPq incentiva pesquisas em combustíveis sólidos

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Setec), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançaram edital, com inscrições até 28 de janeiro.

 O objetivo do edital é a formação de recursos humanos em processos de produção e conversão aplicados a combustíveis sólidos com foco em biomassa e carvão mineral. Os projetos aprovados serão financiados no valor global de R$ 7 milhões, do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT/CT-Energ).

 O edital apoiará duas linhas de pesquisas. A linha 1 financiará pesquisas em tecnologias aplicadas a biomassa, incluindo o condicionamento e caracterização de combustíveis, combustão, gaseificação, pirólise, carvoejamento, torrefação e biodigestão.

 A linha 2 financiará pesquisas aplicadas ao carvão mineral, com foco na geração termelétrica e no uso siderúrgico, na qual incluirá o estudo da prospecção e exploração mineral, mineração (lavra e beneficiamento), gaseificação, combustão, pirólise, tratamento e aproveitamento de resíduos, recuperação ambiental de áreas mineradas, captura e armazenamento de CO2.

 O valor global será distribuído inicialmente entre as linhas de pesquisa da seguinte forma: R$ 2 milhões para a Linha de Pesquisa 1 - Biomassa; e R$ 5 milhões para a Linha de Pesquisa 2 - Carvão Mineral. Cada projeto da Linha 1 terá o valor máximo de financiamento de até R$ 250 mil e da Linha 2 de até R$ 350 mil.

Serão concedidas bolsas nas modalidades de Iniciação Científica e Tecnológica (ITI-A e ITI-B), Mestrado (GM), Doutorado (GD), Pós-Doutorado Júnior (PDJ), Pós Doutorado Empresarial (PDI), Treinamento no Exterior (SPE), Especialista Visitante (EV) e Estágio Sênior (ESN).

O Edital l MCT/CNPq/FNDCT Nº 020/2009 está disponível em http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/020.htm

(Assessoria de Comunicação do MCT)

 

Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico prevê R$ 3,3 bi para 2010

Orçamento do fundo integra o do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), que está para ser aprovado do Congresso Nacional, com votação prevista para próxima semana. O orçamento foi divulgado nesta quinta-feira, dia 17/12, na reunião do Conselho Diretor do Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), no MCT. Participaram do encontro o ministro Sergio Rezende; o secretário-executivo do MCT, Luiz Antonio Elias; o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCT), Luis Fernandes; o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Marco Antonio Zago, e representantes do setor empresarial, acadêmico, científico e outros órgãos governamentais. "Vamos começar 2010 com um orçamento substancial. O trabalho no ano que vem será de conclusão de muitas atividades do Plano de Ação de Ciência, Tecnologia e Inovação", disse o ministro Rezende.

Criado em 1969, o fundo tem papel fundamental na montagem da infraestrutura de pesquisa do país. A Finep é a responsável pelas ações administrativa, técnica e contábil dos projetos. Em 2009, dos R$ 2,1 bilhões previstos, R$ 1,8 bilhão já foi aplicado em 15 setores, entre eles agronegócio, aeronáutica, Amazônia, biotecnologia, saúde e energia. Os recursos restantes ainda estão em processo de empenho, mas serão executados até o final do mês.

 Na reunião foram aprovadas duas portarias do MCT. A 186/2009 fixa o valor da Taxa de Administração em até 2% dos recursos atribuídos ao fundo, que deve ser paga à Finep para cobertura de despesas. A Portaria 828/2009 estabelece o limite de 5% dos recursos para despesas operacionais, de planejamento, acompanhamento e divulgação de resultados do FNDCT.

(Assessoria de Comunicação do MCT)

 

Faturamento da indústria química terá queda de 7% em 2009

Mesmo com o recuo de 7% em relação ao ano anterior, o faturamento líquido do setor químico deverá atingir R$ 206,7 bilhões em 2009. Em dólares, a retração será de 15,5%, totalizando US$ 103,3 bilhões. As projeções elaboradas pela Abiquim – Associação Brasileira da Indústria Química, e apresentadas pelo presidente do Conselho Diretor, Bernardo Gradin, indicam que as importações de produtos químicos deverão chegar a US$ 30 bilhões e as exportações a US$ 12 bilhões, em 2009. O déficit, de US$ 18 bilhões, será 23% menor do que o de 2008. 

Apesar da retração no faturamento, a indústria química é responsável pela terceira maior participação no PIB industrial do Brasil. Até 2014, os projetos de investimentos do setor são superiores a US$ 26 bilhões e poderão gerar cerca de 5,8 mil empregos diretos. A redução do déficit será um dos pontos importantes para o crescimento sustentável do País.

(Abiquim)

 

Industria qumímica deve investir US$ 130 bilhões até 2020

A Abiquim - Associação Brasileira da Indústria Química, apresentou no dia 17 de dezembro, em São Paulo, sua previsão de expansão do setor até 2020, no qual aponta que as indústrias precisam investir nos próximos anos US$ 132 bilhões para se manterem competitivas e ganharem maior importância no mercado internacional. O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, disse que o banco tem condições de apoiar a expansão do setor químico.

O Pacto Nacional da Indústria Química, apresentado pelo empresário Bernardo Gradin, presidente do conselho diretor da Abiquim, durante o encontro anual do setor, tem como estratégia posicionar a indústria química brasileira entre as cinco maiores do mundo, tornando o país superavitário em produtos químicos e líder em química verde. Atualmente o país ocupa a nona posição no mercado global.

Com base na expansão do PIB (Produto Interno Bruto) em torno de 4% ao ano, boa parte dos investimentos deverá somar US$ 87 bilhões apenas para acompanhar o crescimento do país. Outros US$ 45 bilhões deverão ser aportados para garantir o aumento da produção e reduzir o déficit do setor. Gradin afirmou que as indústrias brasileiras têm competitividade de explorar o potencial da química verde por meio do etanol.

A Petrobras deverá rever seus planos de investimentos, afirmou José Sérgio Gabrielli, presidente da companhia, durante o evento na Abiquim. Segundo ele, o plano estratégico da empresa para o período 2010-2014, que está sendo elaborado, vai superar o atual de US$ 174,4 bilhões. O plano deverá ser divulgado no primeiro trimestre de 2010.

O plano atual da Petrobras prevê investimentos de US$ 3 bilhões para o setor químico. A companhia também deverá construir sua terceira fábrica de fertilizantes, mas o local ainda não foi definido, disse Gabrielli. A região de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, está em estudo pela companhia, mas Minas Gerais não desistiu do projeto.

(Valor Econômico)

 

Petroquímica Suape recebe financiamento do BNDES

Foto: Divulgação Petrobras

http://www.agenciapetrobrasdenoticias.com.br/exibe_imagem_materia.asp?op=1&Tx_arquivo=Suape_M.jpgA Companhia Petroquímica de Pernambuco (PetroquímicaSuape) e a Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe) receberam limite de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor de R$ 2,6 bilhões para o financiamento da construção do Complexo Petroquímica Suape. As duas empresas são 100% controladas pela Petrobras Química S.A. (Petroquisa), subsidiária integral da Petrobras.

O Complexo encontra-se em estágio adiantado de implantação no município de Ipojuca (PE), em terreno contíguo às instalações da Refinaria Abreu e Lima, e suas primeiras unidades devem entrar em operação durante o segundo semestre de 2010. O valor do investimento é de aproximadamente R$ 4 bilhões, composto por uma unidade com capacidade para 700 mil toneladas ano (kta) de Ácido Tereftálico Purificado (PTA), associada a uma segunda planta capaz de produzir 240 mil kta de filamentos de poliéster (POY) e uma terceira produtora de 450 kta de politereftalato de etileno (PET).

O empreendimento garantirá a retomada da produção nacional de PTA, substância chave na autossuficiência na cadeia de poliéster, e a duplicação da capacidade brasileira de produção de PET, o que deverá reduzir a necessidade de importação de fios de poliéster e gerar economia de divisas para o país de, aproximadamente, US$ 1 bilhão ao ano.

(AgÊncia Petrobras de Notícias)

 

Produção de açúcar e álcool mantém recorde

A safra será cerca de 7% maior que a da safra 2008/2009, já a produtividade média será 0,4% maior, segundo levantamento da CONAB..

 Do total de cana esmagada, cerca de 54% (336,2 mil t) se destinam à produção de 25,8 milhões de litros de álcool. Deste volume, 18,2 bilhões de litros são do tipo hidratado e 7,6 milhões do anidro.

Já o restante da cana moída, cerca de 45% (276 mil t), vai para a produção de 34,6 milhões t de açúcar. De 23 a 24 milhões de toneladas do açúcar produzido devem ser exportadas, principalmente para Índia e Rússia. O consumo interno aproxima-se de 11 milhões t, sendo que 60% por meio de produtos industrializados.

Área – A cana destinada ao setor sucroalcooleiro ocupa a maior área de plantio, estimada em 7.531 mil hectares. E está assim distribuída: São Paulo, 4.101 mil ha; Paraná, 590,1 mil; Minas Gerais 587,1 mil; Goiás 520,3 mil; e Alagoas 448 mil.

(Portal do Agronegócio - MG)

 

Produção de alumínio é 7,6% menor

Segundo a Abal - Associação Brasileira do Alumínio, no acumulado do ano, o volume de produção alcançou 1.407,4 mil toneladas, número 7,6% menor que o registrado no ano passado. Em sua última previsão para o ano, a entidade projeta uma produção total de 1.541,2 mil toneladas, uma queda de 7,2% em relação a 2008.

(Da Redação)

 

Plástico sem petróleo

Uma equipe de cientistas sul-coreanos conseguiu pela primeira vez fabricar o ácido polilático (PLA), eliminando a necessidade dos químicos à base de petróleo.  Segunod  o professor Sang Yup Lee, da Universidade Kaist, " O ácido polilático é considerado uma boa alternativa aos plásticos baseados em petróleo por ser biodegradável e apresentar baixa toxicidade aos seres humanos". Até hoje, o PLA vem sendo produzido em um processo de duas etapas - fermentação e polimerização - que é complexo e caro. Agora, utilizando uma cepa da bactéria E.coli geneticamente modificada, a equipe do Dr. Lee desenvolveu um processo de uma única etapa que produz o ácido polilático e seus copolímeros através da fermentação direta. Isto torna a produção do PLA e dos copolímeros de lactatos a partir de fontes renováveis mais barata e mais próxima da viabilidade comercial. Lee acrescenta que a técnica poderá ser utilizada para a manipulação genética de outros microrganismos com vistas à fabricação de outros polímeros que hoje não podem ser obtidos por meio renováveis. O processo foi patenteado, em conjunto com a empresa LG Chem, que está estudando a viabilidade de usar o processo em escala industrial.

Bibliografia:  Biosynthesis of polylactic acid and its copolymers using evolved propionate CoA transferase and PHA synthase, Taek Ho Yang et al. Biotechnology & Bioengineering, 23 Nov 2009, Published Online before print, DOI: 10.1002/bit.22547

(Site Inovação Tecnológica)

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

CURSOS

Cursos

Mestrado Profissional em Processos Industriais - IPT

Sócios ABEQ têm desconto de 10%

A concepção do Mestrado Profissional proposta pelo IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, visa habilitar o participante a encontrar soluções inovadoras para problemas práticos industriais. "Mestrado Profissional" é uma modalidade de curso stricto sensu que confere grau e prerrogativas idênticos aos do mestrado acadêmico, inclusive para o exercício da docência, e tem validade nacional. Informações: 11 3767-4624 ou acesse http://www.ensino.ipt.br.

 

Agitação e Mistura em Processos Industriais

Devido ao grande sucesso, em abril de 2010, será realizada mais uma edição desse curso, que tem como objetivo oferecer conceitos básicos de processos de agitação e mistura na indústria, aos profissionais de nível técnico e superior que atuam nas áreas de projetos e processos industriais.

Os profissionais de nível técnico e superior que atuam nas áreas de projetos e processos industriais têm mais uma grande oportunidade para conhecer melhor os conceitos básicos de processos de agitação e mistura na indústria nesse curso, que a ABEQ realiza no auditório do Conselho Regional de Química – IV Região, em São Paulo (SP).

O programa inclui Introdução: conceitos básicos, geometrias de tanques e impelidores, principais impelidores utilizados na indústria, fluxo gerado, parâmetros fundamentais. Suspensão de Sólidos: suspensão completa e homogênea. Transferência de calor: conceitos básicos e diferentes configurações de troca térmica. Aspectos Mecânicos: configurações de projeto e parâmetros envolvidos no dimensionamento mecânico convencional de agitadores. Considerações Econômicas: alguns fatores econômicos importantes na seleção de agitadores. Apresentação e análise de estudos de casos. Modelagem e Simulação: modelagem de sistemas de agitação que utilizam a fluidodinâmica computacional (CFD) e programas comerciais específicos.

Os docentes são os professores especialistas na área José Roberto Nunhez, doutor em Engenharia Química pela Universidade de Leeds, Inglaterra; Efraim Cekinski, doutor em Engenharia Química pela Universidade de Poitiers, França; e Celso Fernandes Joaquim Jr, doutor em Engenharia Química pela Unicamp.

Mais informações: www.abeq.org.br/curso_agitacao.asp.

 

ABEQ e MBO Consultoria firmam parceria para realização de cursos

Associados à entidade têm desconto de 15%

Em parceria com a ABEQ, a MBO Consultoria Empresarial lança em 2010 dois treinamentos dirigidos a profissionais do segmento. Na programação dos cursos “Seis Sigma” e “Sistemas Integrados de Gestão com Ênfase para a Sustentabilidade”, o participante vai encontrar ferramentas para a capacitação na gestão de sistemas das áreas de qualidade, meio ambiente, saúde, segurança e sociedade.

Para o professor dos cursos Renato Bottini, que também é PhD em Quality Management e consultor de empresas nas áreas de Gestão da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional, o conhecimento e a prática da metodologia Seis Sigma são fundamentais para o profissional que atua no segmento de química, porque permite uma análise racional dos processos. “Seis sigma é muito mais do que um estudo estatístico, é uma forma de abordagem adequada para a solução de um problema”, avalia.

Bottini comenta ainda que hoje em dia é obrigatório que um profissional da área conheça a metodologia, pois apesar da existência de inúmeros softwares de simulação disponíveis no mercado, nem sempre estes são idealizados para a necessidade e atividade da empresa.

Ferramentas 6 Sigma

16/01/2010, em Campinas (SP)
06/03/2010, em São Paulo (SP)

O curso, indicado para profissionais da indústria e de empresas prestadoras de serviços, será baseado no uso do software estatístico Minitab, essencial para realizar análises de dados que melhoram os resultados empresariais. Por meio de exercícios ilustrativos, o treinamento vai proporcionar o entendimento das ferramentas que podem ser utilizadas nas diversas situações diários do ambiente corporativo.

Sistema Integrado de Gestão e Sustentabilidade
01/03/2010, em São Paulo (SP)

02/03/2010, em Campinas (SP)

Um dos principais diferenciais deste curso é a abrangência dos assuntos abordados, capacitando o aluno para a condução de auditorias internas de sistemas de gestão, e dando suporte para as empresas e indústrias que possuam ou pretendam implantar sistemas integrados de gestão (qualidade, meio ambiente, saúde, segurança, sociedade).

Informações e inscrições: www.mboconsultoria.com.br

 

Confira mais cursos no site da ABEQ: www.abeq.org.br/cursos_abeq.asp

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

LIVRO

 

Tintas - Ciência e Tecnologia

http://www.abrafati.com.br/BNews3/images/multimidia/LogoLivro.jpg                                         

Esta nova edição, revista e ampliada, amplia as informações disponíveis sobre todos os aspectos relacionados a tintas, em seus diversos segmentos e aplicações. "As atualizações e os acréscimos feitos transformam esta edição praticamente em um novo livro, que se consolida como o mais completo do gênero existente no Brasil", assegura Dilson Ferreira, presidente-executivo da Abrafati - Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas.

O livro que chega agora à sua 4ª edição, incorporando uma série de atualizações e novos temas, é resultado do trabalho que a Abrafati faz em prol do desenvolvimento científico e tecnológico da indústria de tintas.

Com a colaboração de um grupo de especialistas de alto nível, coordenados com muita competência por Jorge Fazenda, o conteúdo acompanha o dinamismo com que acontecem as mudanças tecnológicas no mercado que está em constante evolução.

O livro pode ser adquirido diretamente no site da Abrafati (www.abrafati.com.br).

 

Promoção de livros na ABEQ

image011Agitação e mistura na indústria

De autoria de Efraim Cekinski, Luiz Carlos Urenha (in memorian), José Roberto Nunhez, Celso Fernandes Joaquim Jr., o livro é uma publicação direcionada tanto a profissionais que fazem uso da operação de agitação e mistura na indústria de processos, como a estudantes de cursos de graduação e pós-graduação em engenharia, visto não haver uma referência na língua portuguesa que aborde este assunto.

De forma tão clara quanto possível, sem prejuízo da qualidade da informação, são abordados os principais tópicos referentes ao tema: Conceitos básicos da Agitação e Mistura, apresentando a utilização dos números adimensionais e as variáveis de projeto. Suspensão de sólidos, Dispersão de gases, Aspectos mecânicos, apresentando critérios para o dimensionamento mecânico de um sistema de agitação. Utilização recente da técnica da fuidodinâmica computacional (CFD), cada vez mais aplicada para auxiliar a análise e o projeto de tanques agitados. Considerações econômicas e estudos de casos reais que ilustram a importância de se efetuar um bom projeto de agitador. Os autores esperam que este livro ajude os leitores a adquirir familiaridade com o tema e os auxilie a tomar decisões em projetos de Agitação e Mistura.

Editora: LTC. 1ª Edição, 236 páginas.

A obra está à venda na ABEQ ao preço de R$ 45.

http://www.blucher.com.br/images/capas_ampliadas/03124.jpg

Indústria Química - Riscos e Oportunidades

Primeiro livro editado no País sobre a indústria química, em sua segunda edição revista e ampliada, analisa as transformações pelas quais passa o setor no Brasil e no mundo, aponta os riscos econômicos e tecnológicos a serem enfrentados e sugere as técnicas de gestão desses riscos.

Escrito por Pedro Wongtschowski, engenheiro químico, mestre e doutor em engenharia e um dos mais respeitados executivos do setor químico brasileiro, a obra é recomendada aos profissionais da indústria química, para estudiosos da economia industrial, para estudantes universitários das áreas de administração, economia, engenharia de produção, engenharia química, farmácia, química e química industrial.

Editora: Edgar Blucher, 2ª edição, 320 páginas

Disponível para vendas na ABEQ por R$ 41.

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

OPORTUNIDADES

 

topBolsa de Empregos CRQ-IV Região

Está em operação desde de junho a Bolsa de Empregos do CRQ-IV (Conselho Regional de Química). Resultado de uma parceria existente entre o Conselho e o Sinquisp, o serviço manteve os princípios básicos de funcionamento, mas foi modernizado com a adoção de um novo design e de ferramentas de pesquisa e administração que o tornaram mais adequado às necessidades dos usuários. A utilização da Bolsa continua gratuita. Manual disponibilizado no link baixar manual ou no site do CRQ-IV.

 

Bolsas de doutorado e pós doutorado em Nanobiotecnologia

Bolsas para engenheiros químicos, de materiais e para químicos, para atuar em projeto interinstitucional no âmbito da REDE NANOBIOTEC-BRASIL da CAPES, envolvendo a USP, o IPT e a UFSCar. O projeto, que visa o desenvolvimento de catéteres com propriedades antibactericidas, inclui o desenvolvimento do material, o estudo de suas propriedades “in vitro” e a avaliação “in vivo”.  Mais informações no email seckler@ipt.br

 

PEQ/COPPE  abre oportunidade para recem-doutores

O Programa de Engenharia Química da COPPE/UFRJ abre para recém doutores oportunidade imediata de integração  em seus grupos de pesquisa, abrangendo várias areas de fronteira da Engenheira Química. Serão selecionados três candidatos promissores que desejam fazer carreira profissional em pesquisa e ensino em linhas estratégicas para o desenvolvimento tecnológico do País. Os contratos poderão ser de até cinco anos, com dotação anual de auxílios de pesquisa, no âmbito do Programa Nacional de Pós-Doutorado da CAPES/MEC.  Informações: www.peq.coppe.ufrj.br

 

Bolsas para pesquisa na França

O Programa Eiffel, do Ministério das Relações Exteriores da França, oferece bolsas de excelência para especialização, mestrado e doutorado a estudantes de outros países admitidos em instituições francesas de ensino superior. As inscrições poderão ser feitas até o dia 8 de janeiro de 2010. As candidaturas devem ser apresentadas pela instituição francesa na qual o aluno está matriculado. As bolsas de mestrado e especialização, serão no valor de 1.181 euros mensais e as de doutorado, de 1,4 mil euros mensais. O objetivo do Programa Eiffel, criado em 1999, é formar futuros líderes estrangeiros, dos setores público e privado, e encorajar candidaturas de estudantes de países emergentes, em especial da Ásia, América Latina, Leste europeu, Oriente Médio e dos novos estados membros da União Europeia. O programa financia formações em nível de mestrado ou dez meses de mobilidade em doutorado em cotutela ou coorientação. Informações: www.egide.asso.fr/jahia/Jahia/appels/eiffel

 

Abertas as inscrições para programa de doutorado entre Brasil e França

A Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, abriu as inscrições para o edital 19/2009 - Programa Colégio Doutoral Franco Brasileiro. As propostas podem ser submetidas até o dia 15 de janeiro de 2010. O edital irá selecionar 30 doutorandos brasileiros matriculados em programas de doutorado de instituições de ensino superior (IES) brasileiras avaliados pela Capes com nota igual ou superior a cinco. Entre os requisitos, o candidato deve estar matriculado em curso de doutorado no Brasil avaliado pela Capes e ter completado um total de créditos compatível com o programa de estudos e o projeto de pesquisa a ser desenvolvido na instituição de destino. Além disso, o proponente não deve receber bolsa ou benefício de outras agências ou entidades brasileiras para o mesmo objetivo. O candidato receberá o valor de 1,3 mil euros mensais, e ainda 110 euros mensais a título de auxílio-instalação. O selecionado também terá direito a seguro saúde, passagem aérea e financiamento compartilhado com a IES francesa. Edital: link.

 

Capes abre inscrição para intercâmbio de doutorandos 

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) está com as inscrições abertas até o dia 30 de março de 2010 para o Programa Capes/MES-Cuba. O objetivo é a seleção de projetos de pesquisa, nas diversas áreas do conhecimento, assim como o fomento ao intercâmbio de doutorandos e o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores. As instituições e cursos participantes deverão atender alguns requisitos como ser vinculado a um programa de pós-graduação avaliado pela Capes, preferencialmente com conceitos 5, 6 ou 7; e o coordenador do projeto deverá possuir o título de doutor há pelo menos cinco anos, sendo sua equipe composta por, no mínimo, dois doutores, entre outros. A Capes financiará passagens aéreas, bolsas de estudo, seguro saúde e auxílio instalação para as missões de estudo aprovadas nos projetos, e passagens aéreas e diárias para as missões de trabalho. A coordenação também concederá, anualmente, o valor de até R$ 10 mil em recursos para material de consumo, para a execução do projeto, apenas para a equipe brasileira. Edital: link.

 

CONCURSOS PARA DOCENTES EM UNIVERSIDADES

 

Escola de Engenharia de São Carlos - EESC

Professor titular, referência MS-6, em RDIDP, junto ao Departamento de Engenharia de Materiais, Aeronáutica e Automobilística, área de conhecimento: Engenharia de Materiais, disciplinas: SMM-0193, Engenharia e Ciência dos Materiais I; SMM-0194, Engenharia e Ciência dos Materiais II; SMM-0203, Materiais para Engenharia; SCM-5722, Tratamentos Térmicos dos Metais e SEM-5901, Tópicos em Tribologia.
Inscrições até 26 de fevereiro. Informações:
eesc@usp.br

 

Instituto de Química

Professor Titular, referência MS-6, em RDIDP (dedicação exclusiva), junto ao Departamento de Bioquímica, área de conhecimento Bioquímica e Biologia Molecular. Inscrições até 2 de março. 2 Professores Titular, referência MS-6, em RDIDP (dedicação exclusiva), junto ao Departamento de Química Fundamental, áreas de conhecimento de Química Analítica, Química Orgânica, Química Inorgânica e Físico-Química. Inscrições até 2 de março. Informações: ruth@iq.usp.br

 

UNIFESP

Concurso com 8 vagas para professores do curso de  Engenharia Química. São duas oportunidades para a área de Processos de Separação, e um vaga para cada uma das áreas: Simulação e Otimização de Processos; Projeto de Instalações Industriais e Desenho Técnico Industrial; Processos Químicos Industriais e Balanço de Massa e Energia; Análise e Controle de Processos; Projeto de Processos Químicos e Instalações Químicas Industriais; Equipamentos e Processos de Troca Térmica. Informações: http://www.unifesp.br/home_diadema Tel.: (11) 4049-3300 Ramal: 3089

 

UFRN

Há 2 vagas no Departamento de Engenharia Química, na área de Alimentos. O edital está disponível na página da Pró-Reitoria de Recursos Humanos: http://www.prh.ufrn.br/conteudo/concursos/prof_efetivo.htm

 

UFRRJ

Professor assistente na área de Processos Químicos Industriais, no Departamento de Engenharia Química. inscrições até 4 de janeiro. O edital completo em www.ufrrj.br/concursos/.

 

UERJ

Professor adjunto na área de Reatores Químicos junto à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Edital: www.srh.uerj.br/docente/saida.asp

 

UNICAMP

Docentes na área de Operações Unitárias, junto à Faculdade de Engenharia Química. Embora o edital (http://www.sg.unicamp.br/procsel/pdf/18P225032009.pdf) seja para tempo parcial por uma exigência jurídica da universidade, o interesse é imediatamente transformar o regime para dedicação exclusiva.

 

UFSCar

Professor da carreira de magistério superior, classe Adjunto, no regime de dedicação exclusiva, para o Departamento de Engenharia Química, subárea: Pesquisa em Sistemas Particulados e Ensino em Fenômenos de Transporte. Inscrições até 4 de janeiro. Informações: www.concursos.ufscar.br/concursos/48/edital%20169-09.pdf

 

UEFS

Professor Visitante no curso de Engenharia de Alimentos, compreendendo inicialmente as disciplinas de Refrigeração e Fenômenos de Transporte, podendo também ter que ministrar outras disciplinas (Operações Unitárias, Instalações Industriais, Avaliação de Projetos, Termodinâmica etc), de acordo com a demanda da Área.O processo seletivo dar-se-á através da análise do currículo e de um projeto de pesquisa na área de engenharia de alimentos. Candidatos enviar currículo Lattes e projeto de pesquisa para consuelo.gomes@gmail.com, até 4 de janeiro.

 

UFV

Professor visitante, para atuar na implantação e funcionamento do curso de graduação em Engenharia Química, com vistas à sua participação integrada à graduação, de acordo com o previsto no Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Inscrição: até 29 de janeiro de 2010. Informações: http://www.ufv.br/soc/files/pag/concursos.htm

 

 

VAGAS EM EMPRESAS

Engenheiro Químico

Curso superior completo em Engenharia Química. Título de Doutor em Engenharia Química. Experiência em modelagem fenomenológica estacionária de processos industriais. Conhecimentos em técnicas de simulação e otimização dos processos industriais. Preferência para candidatos com domínio em Matlab. Informações: http://www.pentagro.com.br Tel.: (16) 3351-0203

 

ESTÁGIOS E TRAINEES

Universitários que estão encerrando seus cursos ou recém-formados que querem trabalhar em grandes empresas devem ficar atentos. Algumas companhias estão iniciando seleções para trainees e estágios, destinadas a jovens que são escolhidos, treinados e, até, efetivados.

 

Empresas

Inscrições

Total de vagas

Bolsa-auxílio

Alstom

até 10 de janeiro

não informado

não informado

Comgás

não informado

30

não informado

Deloit

ao longo do ano

não informado

não informado

Dupont

até 10 de janeiro

57

não informado

Mercedes Bens

até 22 de fevereiro

não informado

não informado

Minerva

até 17 de janeiro

10

não informado

SC Johnson

não informado

42

R$ 840

Whirlpool Latin America

ao longo do ano para estagiários

115

R$ 1.500

White Martins

ao longo do ano

não informado

não informado

 

Onde encontrar seu estágio

Agevig Recursos Humanos, Tel.: (35) 3422-9600

Ciee, Tel. 11 3046-8222, www.ciee.org.br

CNIEE - Pouso Alegre, Tel.: (35) 3421-7477, www.cniee.com.br

CRIE - Centro Regional de Integração de Estágios, Tel.: (42) 3523 9920

Estagiarios.com Web Services, Tel.: (11) 3951-2185, www.estagiarios.com

Estágio - Desenvolvimento de RH, Tel.: (11) 4123-4569, www.estagio.org

Estágio Fácil Assessoria Acadêmica, Tel.: (65) 3326-3288

Estagiar Integração e Gerenciamento Estudante-Empresa, Tel.: (11) 5599-4688, www.estagiar.net

Fundap, Tel. 11 3066-5885, www.fundap.sp.gov.br

Gelre, Tel. 11 3351-3744, www.gelre.com.br

Global Central de Estágios, Tel.: (11) 4979-7700, www.globalestagios.com.br

Grupo Premium, Tel.: (11) 3579-9400, www.grupopremiumservicos.com.br

Inicie Estágios, (http://www.inicie.com.br), Tel.: (45) 3254-3116

Mudes, Tel. 21 3094-1181, www.mudes.org.br

Nape - Núcleo Assistencial para Estágios, Tel.: (11) 4337-6767, www.nape.com.br

Nube, Tel. 11 3514-9300, www.nube.com.br

Proempe - Integrador Empresa Escola, Tel.: (34) 3077-3074, www.proempe.com.br

Pró Estágios, Tel.: (41) 3029-9254, www.interagepr.com.br

Soulan Central de Estágios, Tel.: (11) 3748-9046, www.soulan.com.br

Coordenadores de estágios dos cursos de pós-graduação.

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

NOTÍCIAS ESTUDANTIS

 

XIX CONEEQ 2010

24 a 31de janeiro de 2010, USP, São Paulo, SP

cooneq novo12

Pensando em compartilhar com os alunos de Engenharia Química de todo o Brasil uma das melhores infra-estruturas do mundo para o ensino, a Feneeq – Federação Nacional do Estudantes de Engenharia Química, e a AEQ - Associação de Engenharia Química, decidiram realizar a décima nona edição do Coneeq na USP - Universidade de São Paulo. Nesta edição, que será organizada pela USP/UNIFESP, o tema será “Engenharia Química nas Grandes Metrópoles: A Versatilidade do Profissional”.

Outro componente do Coneeq será a Mostra de Iniciação Científica (MIC), na qual alunos exporão seus projetos de iniciação executados durante a graduação. Os melhores trabalhos apresentados na MIC serão premiados. A mostra será no dia 29 de janeiro, no período da manhã.

Mais novidades são esperadas, dentre elas, a criação do Workshop Nacional de Estudantes de Engenharia Química, com a presença de estandes das maiores empresas paulistas que farão uma exposição de seus programas de estágio e trainees e a realização paralela da Seqep - Semana de Engenharia Química da Escola Politécnica, que oferecerá a parte acadêmica do congresso.

Realizado anualmente por estudantes, o Coneeq visa promover o intercâmbio de conhecimento entre acadêmicos das diversas instituições de ensino superior em Engenharia Química, Engenharia de Alimentos, Química Industrial e alunos dos cursos de graduação de áreas afins, de todo o País. Informações: www.coneeq.org.br

 

V Seqeq – Semana de Engenharia Química da Escola Politécnica

24 a 21 de janeiro de 2010, na Poli-Usp

Paralelamente ao Coneeq, ocorrerá a V Seqep - Semana de Engenharia Química da Escola Politécnica (Poli) da USP.  Organizada anualmente por alunos do curso  de engenharia química da Poli, assim como na primeira edição, o evento tem como principal meta dar aos estudantes de engenharia uma visão diferenciada sobre a situação atual do mercado de trabalho. Para cumprir essa meta, a semana traz uma programação variada, que soma mini-cursos, visitas técnicas a empresas e palestras.

A Seqep é direcionada principalmente aos estudantes de graduação em engenharia química da Poli, mas está aberta a interessados de outras áreas da engenharia e mesmo alunos de outras instituições de ensino. Na programação da semana estão também temas que não necessariamente têm características estritamente técnicas, como palestras sobre mercado financeiro e ambiente corporativo. Informações: www.seqep.com.br

 

XV Coreeq S/SE

Rio de Janeiro (RJ), julho 2010

Acontece em Seropédica (RJ) o XV Coreeq - Congresso Regional de Estudantes de Engenharia Química S/SE. A UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, que completará 100 anos, sediará o evento. O evento será organizado pelo DAAB - Diretório Acadêmico Arnaldo Bittencourt, da UFRRJ, em conjunto com a Feneeq. Espera-se reunir cerca de 500 participantes.

Nesta edição, que terá como tema central “A expansão do pólo petroquímico brasileiro e suas influências na engenharia química”, será realizado um intercâmbio científico, tecnológico, social e cultural entre os diversos estudantes e profissionais de engenharia química e cursos afins, através de mostra de iniciação científica, cerca de dez mini-cursos, palestras, integrações com as empresas (privadas e públicas) e com as universidades. Ao final da programação diária do congresso, serão realizados eventos culturais que caracterizam a história da UFRRJ, incluindo a festa de encerramento. As inscrições serão iniciadas em meados do mês de março e o site estará ativo no final de fevereiro. Informações: www.feneeq.org.br

 

XV Coreeq N/NE

Maceió (AL), julho 2010

Durante o mês de julho de 2010, no capus da UFAL – Universidade Federal de Alagoas, ocorrerá o XV Coneeq - Congresso Regional dos Estudantes de Engenharia Química N/NE. Nesta edição do congresso, que será realizada pelo Centro Acadêmico de Engenharia Química da UFAL, em parceria com a Feneeq, o tema central será “Energia, Inovação e Tecnologia as Múltiplas Faces da Engenharia Química”. Informações: www.feneeq.org.br

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

EVENTOS

 

EVENTOS ABEQ

 

XVIII COBEQ – Congresso Brasileiro de Engenharia Química

19 a 22 de setembro de 2010, Foz do Iguaçú (PR)

 Submissão dos resumos até 31 de janeiro

logo_cobeqO COBEQ constitui-se no fórum nacional mais importante para o encontro dos profissionais de Engenharia Química que se dedicam ao ensino e à pesquisa nas universidades.Promovido pela ABEQ a cada dois anos, esta 18a edição será organizada conjuntamente pelo Departamento de Engenharia Química da UEM - Universidade Estadual de Maringá, e a Faculdade de Engenharia Química da Unicamp. Simultaneamente ao XVIII COBEQ, será realizado o  8 º Encontro Brasileiro de Adsorção – EBA2010 e o V Congresso Brasileiro de Termodinâmica – V CBTermo.

As áreas temáticas são Engenharia de Reações Química e Catálise, Processos de Separação, Fenômenos de Transportes e Sistemas Particulados, Modelagem, Otimização e Controle, Engenharia Ambiental, Biotecnologia, Engenharia e Ciências de Alimentos, Engenharia de Materiais, Ensino de Engenharia Química, além de temas correlatos.

 

Calendário

Submissão dos resumos: até 31/01/2010

Comunicação de aprovação dos resumos: a partir do dia 15/02/2010

Submissão do trabalho completo: 15/04/2010

Comunicação do aceite e correções: 15/07/2010

Data limite de inscrição: 30/07/2010

Envio do trabalho completo corrigido: 02/08/2010

Data do Evento: 19/09/2010 a 22/09/2010

Informações: www.abeq.org.br/cobeq.asp

 

Conferência Latino-Americana sobre Segurança de Processos

21 a 24 de junho de 2010, Anhembi, São Paulo (SP)

Serão debatidos os avanços na gestão de segurança de processos, oprocesso de automação, o gerenciamento de risco, a prevenção contra explosões, o treinamento e qualificação profissional, indicadores e métricas, a integridade mecânica, auditoria e cultura de segurança de processos.

O evento, que já conta com mais de 100 trabalhos técnicos inscritos, reunirá especialistas e acadêmicos das indústrias química, de petróleo e gás, sucroalcooleira, papel e celulose, siderúrgica e nuclear.

A Conferência, que será realizada em paralelo com o 13º Congresso de Atuação Responsável, é organizada pela ABIQUIM, a ABEQ e o CCPS – Center for Chemical Process Safety.  Administrado pelo AIChE (Instituto Americano de Engenheiros Químicos), o CCPS é uma instituição internacional sem fins lucrativos com o objetivo de atender aos requerimentos científicos em segurança de processos produtivos. O CCPS atua globalmente utilizando procedimentos e normas que garantem a segurança de instalações de processos industriais, centros sociais e edificações.  Mais informações: http://www.aiche.org/ccps/conferences/brazil2009/portuguese.aspx

 

OUTROS EVENTOS

 

VII CITEM - Congresso Ibero-Americano de Ciencia e Tecnologia de Membranas

A comissão organizadora do CITEM, que ocorrerá em Sintra, Portugal, de 10 a 14 de abril, informa que foi adiado para o próxiom dia 23 de novembro a submissão de resumos para o evento. Informações: www.dq.fct.unl.pt/CITEM2010/

 

II Iberoamerican Conference on Supercritical Fluids - Prosciba 2010

5 a 9 de abril de 2010, em Natal (RN). Informações: www.prosciba2010.com/

 

10th International Conference on Fundamentals of Adsorption (FOA 10)

Promovido pela International Adsorption Society, será realizado em Awaji, Japão, nos dias 23 a 28 de maio de 2010. 

Informações: www.cheme.kyoto-u.ac.jp/foa10/ ou www.cheme.kyoto-u.ac.jp/foa10/pdf/FOA10_Flyer.pdf

 

2º Senágua - Seminário Nacional Água e Desenvolvimento e 1º Sinterágua e EXPOÁGUA 2010 - Mostra de Tecnologias para Eficiência de Uso da Água e Exposição Institucional

19 a 21 de maio de 2010, em São José (SC).  Informações: Tel.: (48) 3348-4500, Site: www.senagua.com.br

 

Confira mais eventos no site da ABEQ: www.abeq.org.br/eventos_geral.asp

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

 

NOTÍCIAS ABEQ

 

FORBEQ tem novo coordenador

A partir de janeiro de 2010, o professor Argemiro Resende Secchi, da COPPE/UFRJ, passará a coordenar o Forbeq – Forum Brasileiro sobre Engenharia Química, principal lista de discussão da comunidade de engenharia química no Brasil. Secchi terá o desafio de substituir o professor Alberto Claudio Habert, da mesma escola.

O Forbeq, que começou a operar em 1992, por recomendação do 2º ENBEQ – Encontro Brasileiro sobre o Ensino da Engenharia Química, consolidou-se como um dos veiculos de divulgação e comunicação que contriue para a cooperação, discussão e sugestões para o desenvolvimento da Engenharia Química.

O forum reúne, principalmente, profissionais ativos em indústrias, universidades e institutos de pesquisa, órgãos de serviços e utilidades públicos e associativos, além  de estudantes. Participe do Forbeq: http://listas.nce.ufrj.br/mailman/listinfo/forbeq

 

ConveniosABEQ renova parceria com a AIChE

A ABEQ e a AIChE – American Institute of Chemical Engineering, renovam parceria para o ano de 2010, com o objetivo de incentivar, reciprocamente, a filiação de interessados em ambas as entidades.

Se você é sócio da ABEQ, associe-se ao AIChE com desconto de 10% e tenha acesso a vários benefícios, tais como Webinars (seminários via web) grátis, descontos em livros, suporte para melhoria de sua carreira, assinatura de 12 meses na revista Chemical Engineering & Progress.

Confira a lista de benefícios de sócios do AIChE no website   www.aiche.org/JoinNow/Benefits/index.aspxn.

Para inscrever-se, preencha o formulário disponível no site da ABEQ em www.abeq.org.br/beneficios.asp

 

Não perca a próxima edição da REBEQ - Revista Brasileira de Engenharia Química

A revista conta com nova seção "fatos na palma da sua mão", uma página com informações rápidas sobre equipamentos, operações unitárias, métodos de projeto, simulação e muito mais. Associados recebem a revista gratuitamente. Exemplares avulsos podem ser encomendados na secretaria da Associação.

 

Natal                                                  

A ABEQ encerra mais um ano e agradece a todos pela parceria e amizade, e que no próximo ano tenhamos ainda mais união para fazer nossa associação sempre crescer atingindo um lugar de ainda mais destaque!

Boas festas!

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

 

 

Publique seu artigo no Boletim ABEQ

A ABEQ convida profissionais do setor industrial e acadêmico para participar do Boletim Informativo, com artigos que sejam de interesse de amplos segmentos da comunidade da engenharia química.

Envie sua idéia para a redação em imprensa@abeq.org.br a/c de Ademilson Cadari. Em alguns casos, o Editor o orientará para eventual ajuste à linha editorial do Boletim. Os artigos devem ser isentos de conteúdo publicitário e conter no máximo 1 página de texto com letra Arial, corpo 10, espaço duplo.

 

http://www.abeq.org.br/Boletins/img/voltar.gif

O Boletim Informativo é uma publicação da ABEQ- Associação Brasileira de Engenharia Química

Marcelo Martins Seckler, Editor

Ademilson Cadari, Jornalista - Mtb 41.344

SECRETARIA EXECUTIVA ABEQ
Associação Brasileira de Engenharia Química
Tel: (11) 3107-8747  Telefax: (11) 3104-4649
E-mail:
abeq@abeq.org.br  Site: www.abeq.org.br

Responsáveis:

Marcelo Martins Seckler
Diretor Presidente da ABEQ

Bernadete A. Perez
Secretária Executiva da ABEQ

Para esclarecer dúvidas ou enviar sugestões, escreva para imprensa@abeq.org.br ou acesse www.abeq.org.br.